SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.117 número3Evaluation of three methods for hemoglobin measurement in a blood donor settingDetection of fetal fibronectin in twin pregnancies in relation to gestational age índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Sao Paulo Medical Journal

versão impressa ISSN 1516-3180

Resumo

COUTINHO, Cláudia Malheiros et al. Genetic alterations in Ki-ras and Ha-ras genes in Juvenile Nasopharyngeal Angiofibromas and head and neck cancer. Sao Paulo Med. J. [online]. 1999, vol.117, n.3, pp. 113-120. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31801999000300004.

CONTEXTO: Mutações nos genes ras têm sido associadas a diversos tumores sólidos humanos. Membros da família de genes ras (Ki-ras, Ha-ras e N-ras) são estruturalmente relacionados e codificam para uma proteína (p21) que desempenha papel importante na regulação da transdução de sinal e crescimento celular.OBJETIVOS: Estudar a ocorrência de mutações nos genes Ki-ras e Ha-ras. Também estudamos a expressão do gene Ha-ras em 32 dos tumores de cabeça e pescoço. TIPO DE ESTUDO: Série de casos.PARTICIPANTES: 60 tumores de cabeça e pescoço e 28 nasoangiofibromas obtidos através de cirurgia.LOCAL: Hospital A. C. Camargo e Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, respectivamente.TESTE DIAGNÓSTICO: Pela técnica de PCR-SSCP examinamos a ocorrência de mutações nos genes Ki-ras e Ha-ras. O nível relativo do mRNA de Ha-ras em 32 dos tumores de cabeça e pescoço foi examinado por Northern blot. RESULTADOS: Nenhum dos tumores de cabeça e pescoço nem os nasoangiofibromas apresentaram evidência de mutação nos codons 12, 13, 59 e 61 dos genes Ki-ras e Ha-ras; contudo, 17 (53%) dos tumores, onde a expressão gênica pode ser examinada, demonstraram níveis aumentados do mRNA de Ha-ras quando comparados com o tecido normal do mesmo paciente.CONCLUSÕES: Nossos resultados demonstram, pela primeira vez, que mutações nos genes Ki-ras e Ha-ras não estão associadas ao desenvolvimento dos nasoangiofibromas e confirmam trabalhos anteriores que demonstram que mutações que ativam o gene ras estão ausentes ou raramente associadas aos tumores de cabeça e pescoço de pacientes ocidentais. Além disso, nossos resultados sugerem que o aumento de expressão de Ha-ras, e não a mutação desse gene, possa ser um fator importante no desenvolvimento e progressão dos tumores de cabeça e pescoço.

Palavras-chave : Ras gene family; Squamous cell carcinoma of the head and neck; Juvenile nasopharyngeal angiofibroma; Gene expression; Mutations.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês