SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.117 número4Prospective assessment of the risk of postoperative pulmonary complications in patients submitted to upper abdominal surgeryPseudoaneurysms of large arteries associated with AIDS índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Sao Paulo Medical Journal

versión impresa ISSN 1516-3180

Resumen

ZANTUT-WITTMANN, Denise Engelbrecht et al. Autoimmune and non-autoimmune thyroid diseases have different patterns of cellular HLA class II expression. Sao Paulo Med. J. [online]. 1999, vol.117, n.4, pp. 161-164. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31801999000400004.

CONTEXTO: Normalmente, apenas células apresentadoras de antígenos expressam o HLA-DR em sua superfície. Na doença tiroidiana auto-imune, as células foliculares adquirem o papel de apresentar antígenos e assim expressam o HLA-DR. Entretanto, doenças tiroidianas não auto-imunes também podem expressar antígenos de classe II. OBJETIVO: Avaliar a presença e o padrão de expressão do HLA de classe II em tiróides de pacientes com doenças tiroidianas auto-imunes e não auto-imunes. TIPO DE ESTUDO: Retrospectivo histopatológico e imunohistoquímico. LOCAL: Centro de referência, hospital universitário. AMOSTRA: 10 tiróides histologicamente normais, 11 com doença de Graves, 7 com tiroidite de Hashimoto, 10 com bócio multinodular atóxico e 3 com adenoma tóxico foram analisadas através de imunohistoquímica usando um anticorpo monoclonal anti-HLA-DR. VARIÁVEIS ESTUDADAS: Avaliamos a presença desses antígenos na célula folicular tiroidiana, sua relação com o infiltrado inflamatório e o padrão de expressão do HLA-DR nas células foliculares, se presente na membrana, no citoplasma ou em ambos. RESULTADOS: A expressão do HLA-DR ocorreu focalmente em uma das 8 tiróides normais, 6 dos 9 casos de bócio multinodular atóxico e em 2 dos 3 adenomas tóxicos. Entretanto, foi nítida sua positividade em áreas extensas de células foliculares tiroidianas nos 5 casos de tiroidite de Hashimoto e, em menor grau, em 7 dos 10 casos de doença de Graves, quer em associação ao infiltrado inflamatório, longe dele ou apenas nas células linfóides. Nas doenças tiroidianas não auto-imunes, o padrão de expressão do HLA-DR foi essencialmente citoplasmático, enquanto que na doença de Graves e tiroidite de Hashimoto esta foi verificada na membrana celular, muitas vezes associada à citoplasmática. CONCLUSÕES: Estes fatos sugerem que a expressão do HLA de classe II na superfície das células foliculares estaria relacionada à apresentação dos auto-antígenos ao sistema imunológico por estas células, levando ao processo inflamatório.

Palabras llave : Graves’ disease; Autoimmune thyroiditis; HLA-DR antigens; Immunohistochemistry.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés