SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.118 número5Epidemiology of Bloodstream Infections at a Cancer CenterThyroid stimulating hormone levels in cord blood are not influenced by non-thyroidal mothers' diseases índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Sao Paulo Medical Journal

versão impressa ISSN 1516-3180

Resumo

FIGLIE, Neliana Buzi; PILLON, Sandra Cristina; DUNN, John  e  LARANJEIRA, Ronaldo. The frequency of smoking and problem drinking among general hospital inpatients in Brazil - using the AUDIT and Fagerström questionnaires. Sao Paulo Med. J. [online]. 2000, vol.118, n.5, pp. 139-143. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802000000500005.

CONTEXTO: Embora o CAGE seja um dos instrumentos de rastreamento do consumo alcoólico mais utilizado, o mesmo tem sofrido críticas por não identificar pessoas que possuem um consumo nocivo ou pessoas que apresentam problemas relacionados ao consumo alcoólico sem ter desenvolvido um quadro de dependência alcoólica. O questionário AUDIT (Alcohol Use Identification Test) foi desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde como instrumento de rastreamento especificamente para identificar pessoas com consumo nocivo do álcool, como também aquelas que possuem dependência do álcool. OBJETIVO: Mensurar a freqüência de uso nocivo/dependência de álcool e nicotina através do AUDIT e Fagerström. TIPO DE ESTUDO: Estudo de corte transversal retrospectivo. LOCAL: Hospital escola do serviço público federal, São Paulo, Brasil. AMOSTRA: 275 pacientes internados de ambos sexos. VARIÁVEIS ESTUDADAS: Dados sócio-demográficos, AUDIT e Fagerström Test for Nicotine Dependence. RESULTADOS: Foram entrevistados 275 pacientes que se encontravam internados, sendo que 49% destes eram homens e 51% mulheres. 34 pacientes foram identificados como "casos" através do AUDIT, que corresponderam a 22% dos pacientes do sexo masculino e 3% do sexo feminino. Apenas 21% dos pacientes foram considerados fumantes. As enfermarias de gastroenterologia (26%) e clínica médica (16%) foram consideradas como detentoras de maior número de casos quando comparadas com as outras enfermarias. CONCLUSÕES: Somente com o conhecimento da prevalência de uso nocivo/dependência de álcool e de nicotina, em um hospital geral, é possível estimar a necessidade de um serviço de interconsulta que pudesse identificar e tratar esses pacientes.

Palavras-chave : AUDIT; Fagerström; Instrumento de rastreamento; Interconsulta; Pacientes internados.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês