SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.119 número2Height, weight, weight change and risk of breast cancer in Rio de Janeiro, BrazilInvoluntary weight loss in elderly individuals: assessment and treatment índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Sao Paulo Medical Journal

versión impresa ISSN 1516-3180

Resumen

OGATA, Silvio Kazuo et al. Evaluation of invasive and non-invasive methods for the diagnosis of Helicobacter pylori infection in symptomatic children and adolescents. Sao Paulo Med. J. [online]. 2001, vol.119, n.2, pp. 67-71. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802001000200006.

CONTEXTO: Vários métodos diagnósticos estão disponíveis para a detecção da infecção por Helicobacter pylori (Hp), porém, até o presente momento, não há um teste que possa ser utilizado isoladamente como padrão-ouro. OBJETIVO: Avaliar a acurácia de três métodos invasivos e dois não-invasivos na detecção da infecção por Hp em crianças e adolescentes sintomáticos. TIPO DE ESTUDO: Estudo coorte prospectivo. LOCAL: Ambulatório de Doença Péptica, Disciplina de Gastroenterologia Pediátrica, Universidade Federal de São Paulo / Escola Paulista de Medicina. PACIENTES: 47 pacientes sintomáticos que realizaram exame endoscópico devido a sintomas dispépticos. MÉTODOS DIAGNÓSTICOS: Exame endoscópico com biopsias gástricas para três métodos invasivos (teste rápido da urease, histologia e cultura) e dois métodos não-invasivos (teste sorológico ELISA industrializado e teste respiratório com uréia marcada com Carbono13). VARIÁVEIS ESTUDADAS: Sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e negativo de cada método e taxas de concordância e discordância entre os métodos. RESULTADOS: 47 pacientes [idade média de 11a9m (DP 2a10m), 27 do sexo feminino e 20 do masculino], 62% deles com infecção por Hp. Todos os 5 métodos concordaram em 61%, sendo negativo em 21% e positivo em 40%. As maiores concordâncias entre dois métodos ocorreram entre os métodos invasivos: histologia e teste rápido da urease (89,6%) e entre a histologia e cultura (87,5%). A maior sensibilidade, considerando como Hp positivo, qualquer combinação de 3 ou mais testes, foi encontrada no teste rápido da urease (S=100%), seguido pela histologia, sorologia e o teste respiratório com uréia marcada com Carbono13 (S=93,1%) e por fim a cultura (S=79,3%). A maior especificidade foi obtida pela histologia e cultura (100%), seguidos pelo teste rápido da urease (84,2%), sorologia (78,9%) e teste respiratório com uréia marcada com Carbono13 (78,9%). CONCLUSÕES: Nossos resultados sugerem que, entre os métodos invasivos, a associação do teste rápido da urease e histologia constituem a melhor escolha para a detecção da infecção por Hp. Se os resultados da histologia e do teste rápido da urease forem discordantes é recomendada a sorologia.

Palabras llave : Crianças e adolescentes; Helicobacter pylori; Métodos diagnósticos.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés