SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.119 número2Height, weight, weight change and risk of breast cancer in Rio de Janeiro, BrazilInvoluntary weight loss in elderly individuals: assessment and treatment índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Sao Paulo Medical Journal

versión impresa ISSN 1516-3180versión On-line ISSN 1806-9460

Resumen

OGATA, Silvio Kazuo et al. Evaluation of invasive and non-invasive methods for the diagnosis of Helicobacter pylori infection in symptomatic children and adolescents. Sao Paulo Med. J. [online]. 2001, vol.119, n.2, pp.67-71. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802001000200006.

CONTEXTO: Vários métodos diagnósticos estão disponíveis para a detecção da infecção por Helicobacter pylori (Hp), porém, até o presente momento, não há um teste que possa ser utilizado isoladamente como padrão-ouro. OBJETIVO: Avaliar a acurácia de três métodos invasivos e dois não-invasivos na detecção da infecção por Hp em crianças e adolescentes sintomáticos. TIPO DE ESTUDO: Estudo coorte prospectivo. LOCAL: Ambulatório de Doença Péptica, Disciplina de Gastroenterologia Pediátrica, Universidade Federal de São Paulo / Escola Paulista de Medicina. PACIENTES: 47 pacientes sintomáticos que realizaram exame endoscópico devido a sintomas dispépticos. MÉTODOS DIAGNÓSTICOS: Exame endoscópico com biopsias gástricas para três métodos invasivos (teste rápido da urease, histologia e cultura) e dois métodos não-invasivos (teste sorológico ELISA industrializado e teste respiratório com uréia marcada com Carbono13). VARIÁVEIS ESTUDADAS: Sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e negativo de cada método e taxas de concordância e discordância entre os métodos. RESULTADOS: 47 pacientes [idade média de 11a9m (DP 2a10m), 27 do sexo feminino e 20 do masculino], 62% deles com infecção por Hp. Todos os 5 métodos concordaram em 61%, sendo negativo em 21% e positivo em 40%. As maiores concordâncias entre dois métodos ocorreram entre os métodos invasivos: histologia e teste rápido da urease (89,6%) e entre a histologia e cultura (87,5%). A maior sensibilidade, considerando como Hp positivo, qualquer combinação de 3 ou mais testes, foi encontrada no teste rápido da urease (S=100%), seguido pela histologia, sorologia e o teste respiratório com uréia marcada com Carbono13 (S=93,1%) e por fim a cultura (S=79,3%). A maior especificidade foi obtida pela histologia e cultura (100%), seguidos pelo teste rápido da urease (84,2%), sorologia (78,9%) e teste respiratório com uréia marcada com Carbono13 (78,9%). CONCLUSÕES: Nossos resultados sugerem que, entre os métodos invasivos, a associação do teste rápido da urease e histologia constituem a melhor escolha para a detecção da infecção por Hp. Se os resultados da histologia e do teste rápido da urease forem discordantes é recomendada a sorologia.

Palabras clave : Crianças e adolescentes; Helicobacter pylori; Métodos diagnósticos.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons