SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.120 issue4Pulmonary thromboembolism: retrospective study of necropsies performed over 24 years in a university hospital in BrazilWeight changes during chemotherapy for breast cancer author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

RIBEIRO, Sandra Aparecida; FURUYAMA, Tatiana; SCHENKMAN, Simone  and  JARDIM, José Roberto de Brito. Atopy, passive smoking, respiratory infections and asthma among children from kindergarten and elementary school. Sao Paulo Med. J. [online]. 2002, vol.120, n.4, pp.109-112. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802002000400004.

CONTEXTO: Foi demonstrado que crianças de pais fumantes estão mais predispostas a infecções respiratórias e asma. OBJETIVO: Estudar a associação de infecções respiratórias e crises de asma em crianças de quatro a nove anos de idade, matriculadas em uma escola que funciona como pré-escola e 1o. grau em São Paulo, Capital, nos meses de maio a julho de 1996, com presença de atopia, exposição ao fumo passivo e tempo de permanência na escola (parcial ou integral). TIPO DE ESTUDO: Estudo descritivo. LOCAL: Pré-escola e de primeiro grau da Universidade Federal de São Paulo. CASUÍSTICA: 183 crianças, sendo 104 meninos e 79 meninas, entre 4 e 9 anos. VARIÁVEIS ESTUDADAS: Foi administrado um questionário contendo 31 questões aos responsáveis pelas crianças e realizados 88 testes cutâneos de alergia para inalantes, nas crianças cujos pais haviam fornecido consentimento prévio. RESULTADOS: Do total de crianças, 51% tiveram infecções respiratórias nos últimos três meses e 25,7% eram asmáticas, sendo que 52,1% delas tiveram uma ou mais crises nos últimos três meses. As crianças expostas à fumaça de cigarro no domicílio não tiveram mais infecções respiratórias e crises de asma que as não-expostas. A positividade a dois ou mais testes cutâneos de alergia não se correlacionou significantemente à presença de infecções respiratórias e crises de asma nas crianças estudadas, embora tenha havido associação estatisticamente significante entre pais com história de atopia e filhos com mais infecções respiratórias e/ou crises de asma, assim como pais com história de atopia e filhos com menor exposição à fumaça de cigarro. As crianças com permanência em tempo integral na escola não tiveram maior ocorrência de infecções respiratórias e crises de asma. CONCLUSÃO: A presença de infecções respiratórias e crises de asma está associada à atopia dos pais, mas não à presença de positividade a dois ou mais testes cutâneos de alergia nas crianças. Por outro lado, a presença de infecções respiratórias e crises de asma não estiveram associadas com exposição passiva à fumaça de cigarro no domicílio e com tempo de permanência na escola.

Keywords : Infecções respiratórias; Asma; Crianças; Fumo passivo; Alergia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License