SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.121 issue2How reproducible is self-reported information on exposure to smoking, drinking, and dietary patterns? Evidence among Brazilian adults in the Pró-Saúde StudyReliability of two behavioral tools to assess pain in preterm neonates author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

OLIVEIRA, Ledy do Horto dos Santos et al. HPV 16 detection in cervical lesions, physical state of viral DNA and changes in p53 gene. Sao Paulo Med. J. [online]. 2003, vol.121, n.2, pp.67-71. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802003000200007.

CONTEXTO: A infecção persistente por papilomavírus humano (HPV) de alto risco tem sido associada ao carcinoma cervical. Uma fase obrigatória no desenvolvimento deste câncer é a integração do DNA viral ao DNA das células hospedeiras. A integração viral promove a degradação do gene E2 do papilomavírus humano e leva a um aumento descontrolado das proteínas E6 e E7. Estas proteínas virais de HPVs oncogênicos inativam os produtos dos genes supressores de tumor p53 e Rb. Inativação da proteína p53 é o resultado de vários fatores incluindo mutação no gene para p53. OBJETIVO: Investigar lesões cervicais associadas à infecção por papilomavírus humano, o estado físico do DNA viral e alterações no gene para p53 em um grupo de mulheres atendidas em um serviço público de saúde. TIPO DE ESTUDO: prospectivo, não-controlado. LOCAL: Serviço de Patologia Cervical, Ambulatório de Ginecologia da Faculdade de Medicina, Universidade Federal Fluminense. PARTICIPANTES: 43 mulheres atendidas em consulta ambulatorial de rotina para prevenção às lesões cervicais. VARIÁVEIS ESTUDADAS: Pela citologia/histologia os casos foram classificados como normal, infecção por papilomavírus humano, condiloma, lesão cervical de baixo graus, lesão cervical de alto grau e carcinoma. A presença de papilomavírus humano foi detectada por reação de polimerase em cadeia (PCR) utilizando-se dois pares de oligonucleotídeos. Para determinar a integração do DNA viral, usaram-se oligonucleotídeos específicos para o gene E2 do tipo HPV 16 que amplificam um fragmento de 1.026 pares de base. Alterações no gene para p53 foram investigadas por polimorfismo conformacional da fita simples. RESULTADOS: Foi detectado um caso de cérvice normal, sete infecções por papilomavírus humano, seis condilomas, sete lesões cervicais de baixo graus, 14 de alto grau e oito carcinomas. O estudo revelou que 14 mulheres sem queixas de doença genital eram portadoras de lesões de vários tipos incluindo três lesões cervicais de alto grau e um caso de carcinoma in situ. 95% das pacientes foram positivas para a presença do genoma de HPV quando testadas para os genes L1 e E6, com prevalência do HPV tipo 16 (73.1%). Detectamos DNA do HPV 16 integrado ao genoma hospedeiro em três dos sete casos de lesões cervicais de baixo grau. Entretanto, um destes pacientes progrediu a lesão cervical de alto grau 13 meses após o primeiro diagnóstico. Entre os casos de lesão cervical de alto grau positivos para HPV 16, 50% continham o DNA viral no estado integrado foi encontrado. A falta do gene E2 do HPV 16 foi observada em sete dos carcinomas (87.5%) e somente no carcinoma de células pequenas foi detectado o gene E2. Bandas anormais do gene p53 detectadas por PCR/SSCP foram observadas em quatro casos: dois carcinomas escamosos com envolvimento do paramétrio (exon 8) e dois casos de NIC III (exons 5 e 7, respectivamente). Todos os casos apresentaram perda do gene E2 do HPV 16. CONCLUSÕES: A amostra analisada tinha alta taxa de HPV de alto risco detectada tanto em lesões benignas como em lesões malignas; alto índice de câncer cervical; integração do DNA do HPV 16 em quase todos os casos de câncer com uma exceção; alterações no gene para p53 em NIC III e em câncer invasivo associadas à integração do DNA.

Keywords : HPV; Integração; DNA Viral; Gene; Lesões Cervicais.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License