SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.123 número5Autoria: um dilema ético da ciênciaAngiofibroma celular da vulva: relato de caso com estudo clinicopatológico e imunoistoquímico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Sao Paulo Medical Journal

versão impressa ISSN 1516-3180

Resumo

HAMERSCHLAK, Nelson  e  CAVALCANTI, Alexandre Biasi. Neutropenia, agranulocitose e dipirona. Sao Paulo Med. J. [online]. 2005, vol.123, n.5, pp. 247-249. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802005000500009.

CONTEXTO: Neutropenia e agranulocitose podem ser definidas como contagem de granulócitos inferior a 1.500/mm3 e 500/mm3, respectivamente. Agranulocitose é uma doença séria e rara, freqüentemente causada por medicações. A letalidade é de aproximadamente 10%. As manifestações clínicas mais comuns são infecções como tonsilite, faringite, estomatite e pneumonia. A dipirona é uma das medicações sabidamente associadas a agranulocitose. Entretanto, a intensidade desta associação tem sido motivo de muita controvérsia. Adicionalmente, analgésicos e antipiréticos alternativos não são livres de efeitos adversos graves. CONCLUSÕES: Desta forma, é necessário estabelecer a incidência da agranulocitose na América Latina e o papel da dipirona. Com o objetivo de responder estas questões, está em andamento o LATIN, um estudo caso-controle, multicêntrico, internacional.

Palavras-chave : Agranulocitose; Neutropenia; Dipirona; Incidência; Estudos de casos e controles.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês