SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.123 issue6Liposomal daunorubicin and dexamethasone as a treatment for multiple myeloma: the DD ProtocolHigh prevalence of malnutrition among patients with solid non-hematological tumors as found by using skinfold and circumference measurements author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180

Abstract

FREITAS JUNIOR, Ruffo et al. Punção aspirativa por agulha fina: comparação entre dois dispositivos para obtenção da amostra citológica. Sao Paulo Med. J. [online]. 2005, vol.123, n.6, pp. 271-276. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802005000600004.

CONTEXTO E OBJETIVO: A punção aspirativa por agulha fina (PAAF) tem sido aceita em todo o mundo como parte da investigação diagnóstica das lesões mamárias. Não obstante, permanece por ser definida qual a melhor técnica na obtenção dos aspirados. O objetivo deste trabalho é comparar os aspirados obtidos pelo dispositivo de autovácuo com aqueles obtidos com a pistola de apreensão de seringa. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo randomizado para validação de teste diagnóstico realizado no Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Federal de Goiás e Hospital Araújo Jorge da Associação de Combate ao Câncer em Goiás. MÉTODOS: Estudo aleatório, incluindo 351 pacientes, que apresentaram nódulos mamários e foram submetidas à PAAF, por um dos dois métodos de punção. Uma única citologista analisou todas as lâminas. As taxas de material insuficiente, celularidade, distorção celular e hemorragia de fundo foram analisados. RESULTADOS: A taxa percentual de material insuficiente foi de 16% e 2% (p = 0,18), para o dispositivo de autovácuo e para a pistola, respectivamente. Boa celularidade foi observada em 34% das amostras obtidas com o auto-vácuo e em 29% daquelas obtidas com a pistola (p = 0,4). Distorção celular foi vista em 31 casos e 26 casos, respectivamente (p = 0,7). Hemorragia de fundo ocorreu em 63 casos (35%) e em 54 (31%) (p = 0,2), para o autovácuo e para pistola. A sensibilidade foi de 88% e 86%; a especificidade de 99% e 100%, o valor preditivo positivo de 96% e 100%, o valor preditivo negativo de 96% e 95% e a acurácia total de 76% e 75% para o autovácuo e para a pistola, respectivamente. CONCLUSÃO: Os aspirados obtidos por ambas as técnicas foram equivalentes. Assim, o autovácuo se firma como uma boa opção na obtenção de aspirados para estudo citológico de lesões mamárias.

Keywords : Neoplasias mamárias; Diagnóstico; Citologia; Técnicas; Biópsia.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English