SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.124 issue3Cigarette smokers’ views on their habit and the causes of their illness following lung cancer diagnosis: a clinical-qualitative study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

MENEZES, Marcus Vinicius Martins de et al. Expressão das proteínas c-erbB-2 e p53 nos ductos normais, carcinoma ductal in situ e carcinoma invasivo da mesma mama. Sao Paulo Med. J. [online]. 2006, vol.124, n.3, pp.121-124. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802006000300002.

CONTEXTO E OBJETIVO: O câncer de mama se origina de lesões não-invasivas, tais como as hiperplasias atípicas e o carcinoma ductal in situ, porém não se sabe exatamente como o câncer se torna invasivo. O objetivo foi verificar alterações na expressão das proteínas c-erbB-2 e p53 entre ductos não-neoplásicos, carcinoma ductal in situ e carcinoma ductal invasivo presentes na mesma mama. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo transversal, realizado no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Campinas, São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Cinqüenta e seis mulheres com o diagnóstico de carcinoma ductal invasivo e carcinoma ductal in situ na mesma mama foram selecionadas e incluídas neste estudo. A expressão das proteínas c-erbB-2 e p53 foi avaliada usando imunoistoquímica. RESULTADOS: A proteína c-erbB-2 estava ausente nos ductos não-neoplásicos, mas estava presente em 46% e 36%, respectivamente, dos componentes de carcinomas in situ e invasivos. Apenas 2% dos ductos não-neoplásicos, 18% e 16% dos carcinomas in situ e carcinomas invasivos, respectivamente, foram positivos para a proteína p53. Não houve diferença significativa na expressão das proteínas c-erbB-2 e p53 entre os carcinomas ductal in situ e invasivo. A concordância do grau nuclear entre os carcinomas ductal in situ e invasivo foi muito boa. CONCLUSÕES: A capacidade de invadir do carcinoma in situ parece independente dos genes HER-2/neu e TP53. A aparência geral do carcinoma de mama é formulada na iniciação da carcinogênese e os genes Her-2/neu e TP53 estão envolvidos.

Keywords : Neoplasias mamárias; Carcinoma ductal in situ; Carcinoma de ductos infiltrante; Proteína c-erbB-2; Proteína p53.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License