SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.125 issue1Thoracic sympathetic block reduces respiratory system compliance author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

GUERZONI, Alexandre Rodrigues et al. Polimorfismo do gene metilenotetrahidrofolato redutase e sua associação com doença arterial coronária. Sao Paulo Med. J. [online]. 2007, vol.125, n.1, pp.4-8. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802007000100002.

CONTEXTO E OBJETIVO: A doença arterial coronariana (DAC) caracteriza-se pelo depósito de placa aterosclerótica na parede arterial coronária. Sua manifestação é dependente da interação entre fatores de risco ambientais e genéticos. O objetivo deste trabalho é analisar a freqüência do polimorfismo MTHFR/C677T em pacientes com doença arterial coronária e sua associação com o nível de Hcy plasmática. Fatores de risco para DAC também foram avaliados. TIPO DE ESTUDO: Retrospectivo com análise cega quantitativa, no Hospital de Base, Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. MÉTODOS: Foram estudados 127 indivíduos. Todos responderam a um questionário para análise dos fatores de risco para DAC. O polimorfismo MTHFR/C677T, investigado por análise de comprimento de fragmentos de restrição, foi correlacionado com número de artérias afetadas e grau de obstrução arterial, determinadas pela cinangiocoronariografia, e com o nível de Hcy plasmática. RESULTADOS: Tabagismo (p = 0,02) and HDLc (p = 0,01) foram associados com DAC. O alelo C foi o mais prevalente em pacientes (0,61) e controles (0,66; p = 0,49). O polimorfismo MTHFR/C677T não apresentou associação com níveis de Hcy plasmática. Entretanto, nos pacientes com genótipo TT observou-se a prevalência de obstrução coronariana acima de 95% (p = 0,02) e a presença de duas artérias lesadas (p = 0,04). CONCLUSÕES: Associou-se o genótipo TT com o grau de obstrução arterial coronária acima de 95% e a presença de duas artérias lesadas; confirma-se, assim, a relação de variantes genéticas em subgrupos específicos de pacientes com doenças cardiovasculares.

Keywords : Arteriosclerose coronária; Aterosclerose; Metilenotetraidrofolato redutase (NADPH2); Polimorfismo genético; Homocisteína.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License