SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.125 issue1The effects of an individualized exercise intervention on body composition in breast cancer patients undergoing treatmentEfficacy of National Nosocomial Infection Surveillance score, acute-phase proteins, and interleukin-6 for predicting postoperative infections following major gastrointestinal surgery author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

SERPA, Ana Beatriz Mello et al. Perfil da resposta multidimensional à dor em recém-nascidos prematuros no primeiro, terceiro e sétimo dias de vida. Sao Paulo Med. J. [online]. 2007, vol.125, n.1, pp.29-33. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802007000100006.

CONTEXTO E OBJETIVO: É um desafio avaliar e tratar a dor do bebê prematuro. O objetivo deste estudo foi comparar, diante de um mesmo estímulo doloroso agudo, as respostas multidimensionais à dor obtidas ao longo da primeira semana de vida de prematuros. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Coorte prospectiva, na Universidade Federal de São Paulo. MÉTODOS: Estudo de 11 neonatos com idade gestacional inferior a 37 semanas e necessidade de punção venosa para coleta de sangue, sendo excluídos aqueles com Apgar < 7 aos cinco minutos, alterações do sistema nervoso central e os que faleceram ou tiveram alta até sete dias de vida. A punção venosa foi feita no dorso da mão e avaliou-se a freqüência cardíaca, a saturação de oxigênio e as seguintes escalas de dor: NFCS (Neonatal Facial Coding System), NIPS (Neonatal Infant Pain Scale) e PIPP (Premature Infant Pain Profile) com 24, 72 horas e no sétimo dia de vida. A NFCS e a NIPS foram pontuadas antes da punção venosa (Tpré), durante (T0), dois (T2) e cinco (T5) minutos após. A freqüência cardíaca, a saturação de oxigênio e a PIPP foram analisadas em Tpré e T0. Compararam-se os valores médios das variáveis nos três momentos por análise de variância com medidas repetidas. RESULTADOS: Não houve diferenças no primeiro, terceiro e sétimo dias para freqüência cardíaca (p = 0,22), saturação de oxigênio (p = 0,69), NFCS (p = 0,40), NIPS (p = 0,32) e PIPP (p = 0,56). CONCLUSÃO: Houve homogeneidade da avaliação da dor causada por punção venosa em prematuros, ao longo da primeira semana de vida.

Keywords : Recém-nascido; Prematuro; Dor; Avaliação da dor; Limiar da dor.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License