SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.125 issue3Do our newly graduated medical doctors have adequate knowledge about neonatal resuscitation?Sudden sensorineural hearing loss and vertigo associated with arterial occlusive disease: three case reports and literature review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

NETTO, Irene de Pedro et al. Imobilidade de prega vocal após tireoidectomia com monitorização intra-operatória do nervo laríngeo recorrente. Sao Paulo Med. J. [online]. 2007, vol.125, n.3, pp.186-190. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802007000300011.

CONTEXTO E OBJETIVO: A monitorização intra-operatória de nervos surgiu como uma ferramenta valiosa para facilitar a identificação do nervo laríngeo recorrente durante a cirurgia de tireóide, evitando a sua lesão. O objetivo foi avaliar a mobilidade das pregas vocais em pacientes submetidos a tireoidectomia com monitorização intra-operatória do nervo laríngeo recorrente. TIPO E LOCAL DO ESTUDO: Coorte de uma série consecutiva de pacientes em um hospital terciário de tratamento de câncer. MÉTODOS: Pacientes foram submetidos à cirurgia de tireóide usando a monitorização intra-operatória do nervo laríngeo recorrente, entre novembro de 2003 e janeiro de 2006. Uma análise descritiva dos resultados e uma comparação com um grupo similar de pacientes que não foram submetidos a monitorização dos nervos foram realizadas. RESULTADOS: Um total de 104 pacientes foi estudado. Tireoidectomia total realizada em 65 pacientes. Imobilidade de pregas vocais (parcial ou total) foi detectada em 12 pacientes (6.8% dos nervos sob risco) na primeira avaliação pós-operatória. Apenas 6 (3.4% dos nervos sob risco) permaneceram com imobilidade de prega vocal três meses após a cirurgia. Nossa série prévia com 100 pacientes similares sem a monitorização intra-operatória revelou que 12 pacientes (7.5%) apresentaram imobilidade de prega vocal na avaliação precoce, e apenas 5 (3.1%) mantiveram a imobilidade três meses após a cirurgia, sem diferença significativa entre as séries. CONCLUSÃO: Nesta série, o uso da monitorização intra-operatória do nervo laríngeo recorrente não diminuiu a taxa de imobilidade de prega vocal.

Keywords : Glândula tireóide; Tireoidectomia; Nervo laríngeo recorrente; Paralisia das cordas vocais; Monitorização intra-operatória.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License