SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.126 número1Estudo da acurácia do "Osterisk": uma nova ferramenta clínica para o rastreamento da osteoporose em mulheres acima de 50 anosDivergências na terapia anti-hipertensiva em situações especiais em nefrologia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sao Paulo Medical Journal

versão impressa ISSN 1516-3180versão On-line ISSN 1806-9460

Resumo

DEHQAN, Ali; BAKHTIAR, Mehdi; PANAHI, Sadegh Seif  e  ASHAYERI, Hassan. Relação entre a gravidade da gagueira em crianças e a taxa de fala em suas mães. Sao Paulo Med. J. [online]. 2008, vol.126, n.1, pp.29-33. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802008000100006.

CONTEXTO E OBJETIVO: Gagueira é uma doença complexa que tem influência nas realizações ocupacionais, sociais, acadêmicas e emocionais. A finalidade deste trabalho foi correlacionar o índice de gravidade da gagueira de crianças com as taxas de velocidade de fala das mães. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo transversal, realizado na clínica infantil de reabilitação da cidade de Teerã. MÉTODOS: Uma amostra da fala de 35 crianças gagas pareadas com suas mães, sendo 29 meninos e 6 meninas, de 5:1-12:0 anos (idade média de 8.5), foi gravada por aproximadamente 15 minutos para avaliar a interação verbal recíproca, sendo então analisada de acordo com o índice de gravidade da gagueira e com os parâmetros de taxa de velocidade de fala. RESULTADOS: Os resultados da pesquisa mostraram uma relação significante entre a taxa de velocidade de fala da mãe e a gravidade da gagueira da criança. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que a taxa de velocidade da fala entre a mãe e a criança que gagueja deveria ser incorporada na avaliação e tratamento da gagueira.

Palavras-chave : Fala; Linguagem; Comunicação; Gagueira; Mães.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons