SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.127 issue1Continuous spinal anesthesia versus combined spinal epidural block for major orthopedic surgery: prospective randomized studySerum cross-linked n-telopeptides of type 1 collagen (NTx) in patients with solid tumors author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

CARVALHO, Jerusa Martins et al. Células CD34-positivas e suas subpopulações caracterizadas por análise de citometria de fluxo em doadores para transplante alogênico de medula óssea. Sao Paulo Med. J. [online]. 2009, vol.127, n.1, pp.12-18. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802009000100004.

CONTEXTO E OBJETIVO: A contagem e separação de células-tronco hematopoéticas de diferentes fontes tem importância para ensaios clínicos e pesquisa basica. Nosso objetivo foi caracterizar e quantificar as populacões de células hematopoéticas, bem como avaliar a expressão do antígeno CD34 em populações mais primitivas e correlacioná-las com a enxertia nos doadores de medula óssea para transplante alogênico. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo transversal no qual a diferenciação e a seleção de células-tronco hematopoéticas foram realizadas em amostras de medula óssea de doadores de pacientes submetidos a transplante alogênico nos Hospitais São Paulo e Santa Marcelina, São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Imunofenotipagem de células mononucleares de medula óssea foi feita na população de células CD45PerCP+ com os seguintes anticorpos: CD34FITC, CD117PE, CD38PE, CD7FITC, CD33PE, CD10FITC, CD19PE, CD14FITC, CD13PE, CD11cPE, CD15FITC, CD22PE, CD61FITC e CD56PE. Após a definição de regiões de células positivas ao CD34, estas células foram selecionadas e analisadas para a co-expressão do CD38 e CD117. Células mononucleares totais de medula óssea e aquelas obtidas após a seleção foram testadas para a retenção de Rh-123. O teste de Friedman e o coeficiente de Sperman foram utilizados para comparar as expressões e correlacionar a contagem de células CD34+ com a enxertia. RESULTADOS: Na região R1, 0,1% a 2,8% das células foram CD34+/CD45+, porém apenas 1,1% das células foram CD34+/CD45-. As principais co-expressões de células CD45+ foram CD38, CD22, CD19 e CD56 na região R2 e CD33, CD11c, CD14, CD15 e CD61 nas regiões R3 e R4. Após a seleção, a mediana de 2,2x106 células CD34+ foi equivalente a 4,9% do total mediano de células da medula óssea. Co-expressões de células CD34+/CD38+ e CD34+/CD117+ ocorreram em 94,95 e 82%, respectivamente. Houve relação positiva entre o número de células CD34+ infundidas e o dia da enxertia. Observamos que mais de 80% das células mononucleares de medula óssea retêm intensamente a Rh-123. Após a seleção, células localizadas em regiões de maior diferenciação, regiões R3 e R4, acumulam mais fortemente a Rh-123 do que células mais primitivas da região R1. CONCLUSÃO: Postulamos que a célula tronco hematopoética mais primitiva expressa o seguinte fenótipo: CD34+/CD45-/CD38-/Rh-123 de baixa retenção.

Keywords : Células-tronco hematopoéticas; Imunofenotipagem; Antígeno CD34; Hematopoese; Transplante de medula óssea.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License