SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.127 issue1Immunoarchitectural characterization of a human skin model reconstructed in vitroCardiac resynchronization therapy in patients with heart failure: systematic review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180

Abstract

YANASSE, Ricardo Hideki et al. Medida do ângulo de inclinação ântero-posterior do planalto tibial após osteotomia valgizante proximal da tíbia com cunha de abertura medial: série de casos. Sao Paulo Med. J. [online]. 2009, vol.127, n.1, pp. 34-39. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802009000100008.

CONTEXTO E OBJETIVO: No passado, alterações no ângulo de inclinação ântero-posterior do planalto tibial (AIAPPT), conhecido como "slope", não eram levadas em consideração no planejamento e avaliação das osteotomias, e o sucesso da osteotomia proximal tibial era relacionado ao grau de correção do ângulo femoro-tibial e ao alinhamento obtido. O objetivo foi mensurar a alteração no AIAPPT após a osteotomia proximal de abertura de cunha medial da tíbia e verificar o efeito da variação angular do AIAPPT sobre os resultados clínicos. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo retrospectivo de série de casos, realizado no Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Marília (Famema), Marília, São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Foram incluídos 28 pacientes, e um total de 31 joelhos. Foi mensurado o AIAPPT baseado no eixo anatômico proximal tibial na radiografia lateral da tíbia no pré e no pós-operatório. A avaliação clínica foi realizada através do escore de Lysholm para joelho. RESULTADOS: Houve um aumento do AIAPPT após a cirurgia em média de 2,38° (± 0,73°; intervalo de confiança, IC 95%). Não houve correlação (r = -0,28) entre os resultados obtidos pelo escore de Lysholm pós-operatório e a diferença do AIAPPT pós e pré-operatório (P = 0,13). CONCLUSÃO: A osteotomia valgizante da tíbia proximal com cunha de abertura medial levou a um pequeno aumento no AIAPPT. Não houve correlação entre o aumento do slope tibial e os resultados clínicos a curto prazo após a osteotomia proximal da tíbia. Outros estudos clínicos são necessários para comprovar se uma osteotomia de extensão ou de flexão pode trazer benefício ao paciente com artrose unicompartimental do joelho.

Keywords : Joelho; Osteoartrite; Tíbia; Osteotomia; Radiografia.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English