SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.128 número1Risk factors for cardiovascular disease ten years after preeclampsiaFrequency of subclinical thyroid dysfunction and risk factors for cardiovascular disease among women at a workplace índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Sao Paulo Medical Journal

versión impresa ISSN 1516-3180

Resumen

HALLACK NETO, Abrahão Elias et al. Frequência da proteína Bcl-2 em pacientes com linfoma difuso de grandes células B de alto risco. Sao Paulo Med. J. [online]. 2010, vol.128, n.1, pp. 14-17. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802010000100004.

CONTEXTO E OBJETIVO: A expressão gênica e imunoistoquímica do linfoma difuso de grandes células B (LDGCB) vem permitindo a identificação de importantes subgrupos prognósticos: LDGCB do centro germinativo (CG) e LDGCB de células B ativadas (CBA). Entretanto, existem poucos dados disponíveis com LDGCB de alto risco, sendo o prognóstico dos LDGCB do CG melhor que os LDGCB de CBA. A participação do Bcl-2 como preditor de sobrevida nos LDGCB não é clara e sua expressão é variável entre os dois subgrupos de LDGCB. Neste estudo é avaliada a frequência e o prognóstico da expressão da proteína Bcl-2 em LDGCB de alto risco. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo de coorte retrospectivo realizado entre portadores de LDGCB tratados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. MÉTODOS: Foi avaliado o impacto prognóstico da expressão das proteínas CD10, Bcl-6, MUM1 (multiple myeloma oncogene-1) e Bcl-2 por imunoistoquímica em LDGCB de alto risco. Foram avaliados, para todos os marcadores, 73 pacientes com idade de 18 a 60 anos. RESULTADOS: Vinte e quatro (32,9%) pacientes foram classificados como LDGCB do CG e 49 (67,1%) como LDGCB de CBA, sem diferença nas taxas de remissão completa, sobrevida livre de doença e sobrevida global. Vinte e sete (37%) apresentaram expressão de Bcl-2, o qual foi o único fator preditivo independente de pior prognóstico de sobrevida global à análise multivariada. CONCLUSÃO: A expressão da proteína Bcl-2 ocorreu em 37% dos portadores de LDGCB de alto risco, sem diferença entre os subgrupos de LDGCB do CG ou de CBA.

Palabras llave : Linfoma; Proteínas oncogênicas; Prognóstico; Marcadores biológicos; Centro germinativo.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés