SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.128 número4Prevalence and risk factors for cervical intraepithelial neoplasia in HIV-infected women in Salvador, Bahia, BrazilDefinition and use of the variable "race" by medical students in Salvador, Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Sao Paulo Medical Journal

versión impresa ISSN 1516-3180

Resumen

TORLONI, Maria Regina  y  RIERA, Rachel. Desenho e nível de evidência dos estudos publicados em dois periódicos brasileiros recentemente indexados na Web of Science -ISI. Sao Paulo Med. J. [online]. 2010, vol.128, n.4, pp. 202-205. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802010000400005.

CONTEXTO E OBJETIVOS: O nível de evidência e a qualidade metodológica dos artigos publicados em revistas médicas são importantes para auxiliar os clínicos a tomarem decisões e também afetam o fator de impacto dos periódicos. Apesar de as revisões sistemáticas (RS) serem consideradas o maior nível de evidência, sua qualidade metodológica não é homogênea e elas precisam ser avaliadas tão criteriosamente como outros tipos de estudos. O objetivo deste estudo foi avaliar os desenhos e nível de evidência dos artigos publicados em 2007 em duas revistas brasileiras recentemente indexadas (Clinics e Revista da Associação Médica Brasileira) e avaliar a qualidade metodológica das RS. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo descritivo desenvolvido no Centro Cochrane do Brasil, Universidade Federal de São Paulo. MÉTODOS: Todos os 289 artigos publicados foram classificados quanto ao tipo de desenho e nível de evidência. As RS foram analisadas criticamente por dois revisores usando o instrumento AMSTAR. RESULTADOS: Os tipos de desenhos mais frequentes foram os transversais (39,9%), relatos de casos (15,8%), estudos experimentais (10,8%) e revisões narrativas (7,4%). Segundo os critérios de Oxford, 25,6% dos artigos eram de nível 4 ou 5 e 2,8% de nível 1. As RS representaram apenas 2% do total dos artigos publicados e tiveram notas de qualidade metodológica baixas. CONCLUSÕES: Os principais tipos de desenhos dos estudos publicados foram observacionais, experimentais e revisões narrativas. As RS representaram uma pequena parcela dos artigos e tiveram baixa pontuação metodológica. Revistas médicas brasileiras devem incentivar a publicação de mais artigos clinicamente relevantes com alta qualidade metodológica.

Palabras llave : Fator de impacto de revistas; Publicações periódicas como assunto; Artigo de revista; Projetos de pesquisa; Revisão.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés