SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.129 issue2Serum lipid levels in pregnancies complicated by preeclampsia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180

Abstract

STUGINSKI-BARBOSA, Juliana  and  SPECIALI, José Geraldo. Frequência de cefaleia em trabalhadores de uma empresa de borracha no Estado de São Paulo, Brasil. Sao Paulo Med. J. [online]. 2011, vol.129, n.2, pp. 66-72. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802011000200003.

CONTEXTO E OBJETIVO: Cefaleias primárias podem ser causa de absenteísmo, e de queda no rendimento e na produtividade do trabalho. O objetivo do estudo foi estabelecer a presença e frequência de cefaleia primária em funcionários de uma empresa de solados de borracha,e sua relação com absenteísmo. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo transversal realizado com a ajuda do pessoal do departamento médico e social de uma empresa localizada no município de Franca, São Paulo. MÉTODO: Um questionário sobre as características da cefaleia foi distribuído a todos os funcionários. Os questionários devolvidos e preenchidos foram divididos em dois grupos: com e sem relato de cefaleia. As cefaleias foram classificadas em quatro grupos principais: migrânea, cefaleia do tipo tensional (CTT), cefaleia em salvas e outras cefaleias. Através da frequência da cefaleia, foi possível a classificação em cefaleia crônica diária (CCD). RESULTADOS: O número de questionários válidos foi de 392 (59%), 80,9% questionários eram de funcionários do gênero masculino, e 19,1%, do gênero feminino. Cento e vinte (30,6%) dos funcionários relataram apresentar cefaleia, sendo que 17,4% pertenceram ao grupo migrânea e 8,93% ao grupo CTT. O diagnóstico de migrânea foi o mais frequente (p < 0,001) dentre todos, e também entre as mulheres (p < 0,05). O diagnóstico de CTT foi mais frequente entre os homens (p < 0,05). CCD foi identificada em 14 indivíduos (3,6%). CONCLUSÕES: Cefaleia é um problema frequente entre os funcionários da empresa participante da pesquisa sendo a causa de absentismo em 8,7% dos que responderam o questionário.

Keywords : Saúde do trabalhador; Cefaleia; Transtornos de enxaqueca; Cefaleia tipo tensional; Absenteísmo.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English