SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.129 issue5Who are the low-risk patients that could benefit from watch-and-wait regarding the neck?Prevalence of prediabetes in patients with metabolic risk author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180

Abstract

KELLES, Silvana Marcia Bruschi; BARRETO, Sandhi Maria  and  GUERRA, Henrique Leonardo. Custos e utilização de serviços de saúde antes e após a cirurgia bariátrica por laparotomia. Sao Paulo Med. J. [online]. 2011, vol.129, n.5, pp. 291-299. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802011000500003.

CONTEXTO E OBJETIVO: Indivíduos obesos mórbidos são grandes consumidores de serviços de saúde, com altos custos associados. A cirurgia bariátrica é uma alternativa para melhorar suas comorbidades. Não existem estudos comparando custos antes e após a cirurgia bariátrica no Brasil. O objetivo deste estudo foi analisar os resultados assistenciais e gastos diretos de pacientes obesos mórbidos submetidos à cirurgia bariátrica. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Coorte histórica de pacientes assistidos por um plano de saúde na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. MÉTODOS: Foram incluídos na análise todos os serviços de saúde e seus custos associados: hospitalizações, permanência hospitalar, consultas eletivas e de emergência e exames. A análise foi tratada como total quando incluía todo o ano anterior e posterior à cirurgia, e parcial quando excluía os trimestres adjacentes à cirurgia. RESULTADOS: Para 382 pacientes obesos operados, houve 53 internações um ano antes e 95 um ano após a cirurgia (P = 0,013). As principais indicações para internação pós-procedimento foram complicações relacionadas ao trato gastrointestinal. O custo parcial médio quase dobrou no período pós-operatório (US$ 391,96 versus US$ 678,31). Em análise de subgrupo, pacientes com complicações do trato gastrointestinal apresentaram custos quase quatro vezes maiores no período pós-bariátrica, e mesmo no subgrupo sem estas complicações, o custo parcial médio permaneceu significativamente maior. CONCLUSÃO: Embora a cirurgia bariátrica seja o único caminho para perda de peso sustentada nos pacientes obesos mórbidos, os custos diretos até um ano pós-procedimento são maiores. Novos estudos, com maior tempo de acompanhamento, poderão verificar se essa tendência se reverte no longo prazo

Keywords : Obesidade mórbida; Derivação gástrica; Custos de cuidados de saúde; Morbidade; Cirurgia bariátrica.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English