SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.129 issue6Cyclooxygenase-2 and human epidermal growth factor receptor type 2 (HER-2) expression simultaneously in invasive and in situ breast ductal carcinomaInsulin stimulation of Akt/PKB phosphorylation in the placenta of preeclampsia patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180

Abstract

AZEVEDO, Renata Cruz Soares de  and  FERNANDES, Rejane Firmino. Fatores relacionados ao insucesso na cessação tabágica: um estudo de coorte prospectivo. Sao Paulo Med. J. [online]. 2011, vol.129, n.6, pp. 380-386. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802011000600003.

CONTEXTO E OBJETIVO: Considerando as dificuldades na cessação do tabagismo, este artigo objetiva identificar fatores relacionados ao insucesso na tentativa de cessação tabágica de fumantes que procuraram atendimento em ambulatório de um hospital geral universitário. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo de coorte prospectivo, que avaliou 100 fumantes que procuraram tratamento no Ambulatório de Substâncias Psicoativas. MÉTODOS: Avaliaram-se variáveis sociodemográficas, grau de dependência (Questionário de Fagerström), estágio de motivação para a mudança (University of Rhode Island Change Assessment), presença de depressão e ansiedade (Hospital Anxiety and Depression Scale). Os pacientes foram acompanhados em 4, 8, 12 e 24 semanas para identificar fatores relacionados ao insucesso na cessação do tabagismo. RESULTADOS: Os pacientes eram, na maioria, mulheres (75%), entre 40 e 59 anos de idade (67%), com ensino fundamental incompleto (60%), com atividades de lazer (57%), portadores de doença tabaco-relacionada (DTR) (53%), com tentativas anteriores de parar de fumar (70%), que receberam recomendação médica (51%) e incentivo para a cessação (66%) e com elevado grau de dependência (78%). O estágio de motivação principal foi contemplação/ação (43%), a taxa de ansiedade foi de 64% e de depressão, 39%. A taxa de cessação foi de 66% entre os que aderiram e de 17% entre aqueles que não aderiram (P < 0,001). O insucesso foi relacionado à ausência de lazer, maior escolaridade e ausência de DTR. CONCLUSÃO: Falta de atividades de lazer, maior nível educacional e/ou não ter DTR foram variáveis relacionadas ao insucesso na cessação tabágica para tabagistas que procuram tratamento em ambulatório inserido em hospital geral terciário.

Keywords : Tabagismo; Terapêutica; Resultado de tratamento; Abandono do uso de tabaco; Assistência ambulatorial.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English