SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.130 número2Risco de persistência da lesão intraepitelial escamosa de alto grau após tratamento excisional eletrocirúrgico com margens comprometidas: uma metanálise índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sao Paulo Medical Journal

versão impressa ISSN 1516-3180

Resumo

MAGLIARI, Maria Elisa Ruffolo et al. Linfoma do tecido linfoide associado à mucosa de traqueia: relato de caso. Sao Paulo Med. J. [online]. 2012, vol.130, n.2, pp.126-129. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802012000200010.

CONTEXTO: Linfomas de tecido linfoide associado à mucosa (TLAM) são mais comumente encontrados no estômago, pulmões, órbita, glandulas salivares e tireoide. O envolvimento da traqueia é extremamente raro. RELATO DE CASO: Relato de caso raro de linfoma TLAM de traqueia, em mulher de 71 anos com tosse, dispneia, rouquidão e emagrecimento há um ano. Detectou-se lesão infiltrativa na porção média da traquéia. O diagnóstico anatomopatológico só foi obtido na biópsia do quinto procedimento endoscópico. A imunoquimioterapia R-COP (rituximabe, ciclofosfamida, vincristina e prednisona) induziu remissão completa dos sintomas e da lesão endoscópica. CONCLUSÕES: Linfoma TLAM de traqueia é uma doença indolente e extremamente rara, que deve ser considerada no diagnóstico diferencial das lesões de vias aéreas. O diagnóstico anatomopatológico por um patologista experimentado é fundamental. Imunoquimioterapia com R-COP levou à remissão completa da doença.

Palavras-chave : Linfoma de zona marginal tipo células B; Neoplasias; Neoplasias da traquéia; Linfoma; Linfoma não Hodgkin.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons