SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.131 número4Efeitos clinicos e hematologicos do tratamento com hidroxiureia em pacientes falciformes: experiencia de um centro no BrasilClassificacao IDEAL: um novo metodo de classificacao para as fraturas da extremidade distal do radio descricao e reprodutibilidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sao Paulo Medical Journal

versão impressa ISSN 1516-3180

Resumo

CASTILLO, Leticia Nunes Carreras Del et al. Tradução, adaptação cultural e validação da versão brasileira do questionário Nonarthritic Hip Score. Sao Paulo Med. J. [online]. 2013, vol.131, n.4, pp.244-251. ISSN 1516-3180.  https://doi.org/10.1590/1516-3180.2013.1314487.

CONTEXTO E OBJETIVO

O Nonarthritic Hip Score (NAHS) é um questionário de avaliação clínica que foi desenvolvido na língua inglesa para avaliar a função do quadril em pacientes jovens e fisicamente ativos. O objetivo desse estudo foi traduzir o questionário NAHS para a língua portuguesa do Brasil, adaptá-lo à cultura brasileira e validá-lo.

TIPO DE ESTUDO E LOCAL

Estudo de coorte, realizado entre 2008 e 2010, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

MÉTODOS

Questões sobre atividades físicas e tarefas domésticas foram modificadas para melhor adaptação à cultura brasileira. Reprodutibilidade, consistência interna e validade (correlação entre o Algofunctional Lequesne Index e o Western Ontario McMaster Universities Arthritis Index [WOMAC]) foram testadas. Os questionários NAHS-Brasil, Lequesne e WOMAC foram aplicados em 64 pacientes jovens e fisicamente ativos (média de idade, 40,9 anos; 31 mulheres).

RESULTADOS

O coeficiente de correlação intraclasse que avalia reprodutibilidade mostrou valores de 0,837 (P < 0,001). O gráfico de Bland-Altman revelou um erro médio da diferença das duas medidas de 0,42. A consistência interna foi avaliada pelo alfa de Cronbach com valores de 0,944. A validade entre os questionários NAHS-Brasil/Lequesne e NAHS-Brasil/WOMAC mostraram alta correlação, r = 0,7340 e r = 0,9073; respectivamente. O NAHS-Brasil mostrou boa validade sem efeitos de chão ou de teto.

CONCLUSÃO

O NAHS foi traduzido para a língua portuguesa do Brasil e adaptado para a cultura brasileira, mostrando ser uma ferramenta útil na prática clínica para avaliar a qualidade de vida de pacientes jovens e fisicamente ativos com dor no quadril.

Palavras-chave : Questionários; Qualidade de vida; Traduções; Reprodutibilidade dos testes; Quadril.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )