SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.132 issue5Audiometric thresholds and auditory processing in children with early malnutrition: a retrospective cohort studyRelationship between lower-limb muscle strength and functional independence among elderly people according to frailty criteria: a cross-sectional study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180

Abstract

ROSSI, Camila Elizandra  and  VASCONCELOS, Francisco de Assis Guedes de. Relação entre peso ao nascer e sobrepeso/obesidade em estudantes de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil: estudo de coorte retrospectivo. Sao Paulo Med. J. [online]. 2014, vol.132, n.5, pp.273-281.  Epub July 22, 2014. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/1516-3180.2014.1325630.

CONTEXTO E OBJETIVO:

Nascer com peso > 4 kg se associa a sobrepeso e/ou obesidade em longo prazo. O objetivo foi verificar se o peso ao nascer foi um fator relacionado ao estado de sobrepeso ou obesidade atuais, em escolares de 7-14 anos, levando em consideração interações possíveis com fatores socioeconômicos e outras variáveis biológicas.

TIPO DE ESTUDO E LOCAL:

Estudo coorte retrospectivo numa amostra probabilística de 2.696 crianças e adolescentes residentes em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

MÉTODOS:

Coletaram-se dados antropométricos (peso, estatura e idade dos escolares, peso e estatura dos pais), socioeconômicos (renda familiar, número de pessoas na casa, escolaridade dos pais) e de peso ao nascer e idade gestacional. Sobrepeso e obesidade foram definidos utilizando-se os percentis de índice de massa corporal e as dobras cutâneas tricipital e subescapular. Sobrepeso e obesidade foram desfechos, e peso ao nascer e peso ao nascer/por idade gestacional foram variáveis explanatórias principais. As variáveis de controle foram: estado nutricional dos pais, seu nível de escolaridade e renda familiar per capita. Foram realizadas regressões de Poisson.

RESULTADOS:

Nos adolescentes do sexo masculino com sobrepeso, houve maior prevalência de elevado peso ao nascer (RP = 1,14; 95% IC = 1,02-1,27; P = 0,03). Naqueles com obesidade, não foi observado o mesmo. Baixo peso ao nascer e nascer pequeno para a idade gestacional também não se associaram aos desfechos. Nas crianças com sobrepeso ou obesidade, o peso ao nascer não diferiu daquele entre as eutróficas.

CONCLUSÃO:

Não se observou associação significativa entre peso ao nascer e obesidade. Porém, houve associação significativa, ainda que fraca, entre elevado peso ao nascer e sobrepeso, nos adolescentes do sexo masculino.

Keywords : Criança; Adolescente; Peso ao nascer; Sobrepeso; Obesidade.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )