SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.132 issue5Relationship between lower-limb muscle strength and functional independence among elderly people according to frailty criteria: a cross-sectional studyNatural history and surgical treatment of chordoma: a retrospective cohort study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180

Abstract

VAZ-DE-MELO, Renan Oliveira et al. Nebivolol reduz pressão arterial central em pacientes hipertensos estágio I: estudo experimental de coorte única. Sao Paulo Med. J. [online]. 2014, vol.132, n.5, pp.290-296.  Epub July 22, 2014. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/1516-3180.2014.1325704.

CONTEXTO E OBJETIVOS:

A avaliação da pressão arterial central (PAc) tem crescido substancialmente nos últimos anos porque as evidências mostraram que PAc central é mais relevante para os desfechos cardiovasculares do que pressão arterial (PA) periférica. Assim, diferentes classes de anti-hipertensivos têm efeitos diferentes sobre PAc apesar de reduções semelhantes na PA braquial. O objetivo foi investigar o efeito do nebivolol, β-bloqueador com propriedades vasodilatadoras, nos parâmetros bioquímicos e hemodinâmicos de pacientes hipertensos.

TIPO DE ESTUDO E LOCAL:

Estudo de coorte única experimental realizado em ambulatório de hospital universitário.

MÉTODOS:

Todos os 26 pacientes recrutados foram submetidos à avaliação bioquímica e hemodinâmica (PA, frequência cardíaca, FC, PAc, augmentation index) antes e após três meses usando nebivolol.

RESULTADOS:

88,5% dos indivíduos eram do sexo masculino, com média de idade de 49,7 ± 9,3 anos, predominância de sobrepeso (29,6 ± 3,1 kg/m2) e aumento da cintura abdominal (102,1 ± 7,2 cm). Houve diminuição significativa da PA sistólica periférica (P = 0,0020) e diastólica (P = 0,0049), da FC (P < 0,0001) e da PAc (129,9 ± 12,3 x 122,3 ± 10,3 mmHg, P = 0,0083) após o tratamento em comparação aos valores basais. Não houve diferença no augmentation index, nem nos parâmetros bioquímicos antes e após o período de tratamento.

CONCLUSÕES:

O uso de nebivolol parece estar associado à redução significativa da PAc em hipertensos estágio 1, além da redução da pressão sistólica e diastólica braquial.

Keywords : Antagonistas adrenérgicos beta; Vasodilatadores; Pressão arterial; Análise de onda de pulso; Hipertensão.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )