SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue4Coast-cross hay and broiler litter ruminal degradation and evaluation of mathematical models to estimate rate of particulate passageChemical characteristics of dairy calves digesta fed diets with different levels of concentrate author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Zootecnia

On-line version ISSN 1806-9290

Abstract

PEREIRA, José Carlos et al. Características físicas da digesta de bezerros provenientes de rebanhos leiteiros alimentados com dietas contendo diferentes níveis de concentrado. R. Bras. Zootec. [online]. 1999, vol.28, n.4, pp. 850-858. ISSN 1806-9290.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35981999000400027.

Este trabalho foi realizado para avaliar as características físicas da digesta ao longo do trato gastrintestinal e examinar a concepção de "tamanho crítico" de partículas que escapam do retículo-rúmen (RR), em bezerros de rebanhos leiteiros, submetidos a dietas com diferentes níveis de concentrado. Trinta e dois bezerros machos não-castrados, metade holandeses PC e metade mestiços (Holandês x Zebu), foram abatidos com idade média seis meses e 190 kg PV, após jejum de 16 horas. As dietas, fornecidas à vontade, foram constituídas de feno de capim coast-cross e diferentes níveis de concentrado(milho moído, farelode soja e sal mineral): 45,0; 60,0; 75,0; e 90,0% de concentrado na ração. Os conteúdos do RR, omaso (OM), abomaso (ABO), intestino delgado (ID) e intestino grosso (IG) foram amostrados para avaliar o tamanho médio de partícula (TMP), o módulo de finura (MF) e a resistência relativa média (RRM) ao escape e examinar a concepção de um "tamanho crítico" de partículas que abandonam o RR. A ingestão de dieta com níveis crescentes de concentrado não influenciou o TMP e o MF, já que as partículas escaparam do RR. Portanto, o tamanho das partículas do IG poderia representar o tamanho das partículas que escapam do RR. Neste estudo, mais de 80% das partículas presentes no RR foram inferiores ao tamanho considerado crítico ao escape, indicando que a redução do tamanho, embora seja pré-requisito, não foi o passo limitante que regula a saída de material do RR. A resistência relativa da digesta ao escape do RR cresce à medida que as partículas são maiores, porém a RRM decresce com níveis crescentes de concentrado na dieta.

Keywords : bezerros; nível de concentrado; tamanho de partícula; trato gastrintestinal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese