SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número3Suplementação energética na recria de bezerras de corte mantidas em pastagem de invernoRendimentos do abate e carcaça de bovinos e bubalinos castrados e inteiros índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Zootecnia

versão impressa ISSN 1516-3598versão On-line ISSN 1806-9290

Resumo

PEREIRA, José Carlos et al. Cama de frango e suplemento à base de microbiota ruminal em dietas de novilhas leiteiras: desempenho produtivo e avaliação econômica. R. Bras. Zootec. [online]. 2003, vol.32, n.3, pp.653-662. ISSN 1516-3598.  https://doi.org/10.1590/S1516-35982003000300017.

O trabalho foi conduzido para avaliar o desempenho de novilhas de rebanhos leiteiros recebendo dietas contendo cama-de-frango (CF) e suplemento à base de microbiota ruminal (SMR). Foram utilizadas 20 novilhas mestiças Holandês-zebu, com peso médio inicial de 276 kg e idade média de 13,8 meses. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em arranjo fatorial 2x2, no qual foram estudados dois níveis de CF (15 e 30% na matéria seca) e de SMR (0 e 10 g/animal/dia), em delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições. Foram avaliados o consumo, o ganho de peso e a conversão alimentar e calculados os custos com alimentação, sendo composto um fluxo de caixa simulado para recria dos animais em confinamento e a pasto. Os consumos de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta e fibra em detergente neutro não foram influenciados pelos níveis de CF ou de SMR. O ganho de peso médio diário foi maior para as novilhas recebendo dietas com 15% de CF e 10 g de SMR (1,13 kg), em relação ao tratamento com 15% de CF sem SMR (0,85 kg). Entretanto, não houve diferenças em relação aos animais alimentados com 30% de CF com e sem SMR (1,09 e 0,97 kg). Não foram observadas diferenças para conversão alimentar da matéria seca e da fibra em detergente neutro, e houve interação entre os níveis de cama-de-frango e de suplemento para a conversão alimentar da proteína bruta. Melhor relação custo/benefício foi encontrada para o tratamento 30% de CF sem SMR, em relação ao nível de 15% sem SMR, porém não-significativa para os demais. O fluxo de caixa simulado mostrou que o sistema de recria de novilhas em confinamento foi economicamente mais vantajoso que o sistema em regime de pasto, para as condições do presente trabalho.

Palavras-chave : conversão alimentar; gado leiteiro; ganho de peso; novilhas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons