SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue5Evaluation of three varieties of Panicum maximum Jacq. under grazing: cattle ingestive behaviourMorphophysiological and agronomic characterization of Paspalum dilatatum Poir. biotype Virasoro and Festuca arundinacea Schreb: 2. Forage availability and nutritive value author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Zootecnia

On-line version ISSN 1806-9290

Abstract

COSTA, Deise Isabel da  and  SCHEFFER-BASSO, Simone Meredith. Caracterização morfofisiológica e agronômica de Paspalum dilatatum Poir. biótipo Virasoro e Festuca arundinacea Schreb: 1. Desenvolvimento morfológico. R. Bras. Zootec. [online]. 2003, vol.32, n.5, pp. 1054-1060. ISSN 1806-9290.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982003000500004.

Este trabalho foi conduzido com o de objetivo avaliar o desenvolvimento morfológico de Paspalum dilatatum Poir. biótipo Virasoro, tendo como testemunha para tolerância ao frio a festuca (Festuca arundinacea Schreb.), espécie hibernal e exótica. Foram realizadas doze colheitas da parte aérea (dezembro/00 a novembro/01), de plantas cultivadas no campo. O virasoro caracterizou-se pela arquitetura caulinar, florescimento precoce e longo, estabilização do afilhamento no outono e inverno, com retomada do crescimento a partir da primavera. A festuca apresentou arquitetura foliar, florescimento tardio e curto e afilhamento constante. Ambas são cespitosas e rizomatosas; a touceira do virasoro é aberta no centro, onde o material morto se deposita, enquanto a festuca tem touceira fechada, com deposição do material morto ao redor das plantas. O virasoro alocou maior quantidade proporcional de biomassa em inflorescências e colmos em relação à festuca. Esse biótipo é tipicamente estival, com excelente tolerância à geada, vegetando vigorosamente com o aumento das temperaturas.

Keywords : fenologia; hábito.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese