SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue5Prediction of carcass weight and dressing percentage in Nellore and Brangus young bulls, by ultrasound measurementsUtilization of roasted whole soybean for lactating cows feeding, grazing coastcross-1 (Cynodon dactylon, L Pers.) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Zootecnia

On-line version ISSN 1806-9290

Abstract

SILVA, Saulo da Luz e; LEME, Paulo Roberto; PEREIRA, Angélica Simone Cravo  and  PUTRINO, Soraia Marques. Correlações entre características de carcaça avaliadas por ultra-som e pós-abate em novilhos Nelore, alimentados com altas proporções de concentrado. R. Bras. Zootec. [online]. 2003, vol.32, n.5, pp. 1236-1242. ISSN 1806-9290.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982003000500026.

O objetivo deste trabalho foi estimar correlações entre medidas in vivo obtidas por ultra-som (US) e algumas características de carcaça. Foram utilizados 22 novilhos Nelore, com peso e idade médios de 279 kg e 24 meses, confinados por 98 dias e alimentados com dietas com elevada proporção de concentrado. O peso vivo, a área olho de lombo (AOLU) e a espessura de gordura subcutânea (EGSU) por US sobre o músculo "Longissimus dorsi" entre a 12ª e 13ª costelas, foram coletados a cada 28 dias. Foi utilizado um equipamento de US Piemedical Scanner 200 VET, com transdutor linear de 18 cm. Após o abate, foi tomado o peso de carcaça quente (PCQ) e da gordura renal, pélvica e inguinal (GRPI) e calculado o rendimento de carcaça (RC). Após 24 horas de resfriamento, foi medida a área de olho de lombo (AOLC) e a espessura de gordura subcutânea (EGSC) entre a 12ª e 13ª costelas, na carcaça. Tanto a AOLC quanto a EGSC foram subestimadas pelas medidas de US. Foram estimados coeficientes de correlação de Pearson para AOL e EGS medidas na carcaça e por US que foram 0,74 e 0,87, respectivamente. Foram obtidas também correlações de 0,27 entre RC e AOLU , 0,42 entre RC e AOLC, -0,30 entre RC e EGSU e -0,29 entre RC e EGSC. A GRPI apresentou uma correlação de 0,48 tanto com EGSC quanto com EGSU. Também foi estimada a correlação de Spearman entre AOLU e AOLC e EGSU e EGSC, obtendo-se valores de 0,89 e 0,77, respectivamente.

Keywords : área de olho de lombo; avaliação in vivo; bovinos; espessura de gordura subcutânea; Nelore; ultra-sonografia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese