SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue2Evaluation of urease sources in the ammoniation of Brachiaria brizantha hays with two moisture levelsDuration of rest period and canopy growth of Panicum maximum cv. Mombaça under intermittent stocking author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Zootecnia

On-line version ISSN 1806-9290

Abstract

BREMM, Carolina et al. Efeito de níveis de suplementação sobre o comportamento ingestivo de bezerras em pastagem de aveia (Avena strigosa Schreb.) e azevém (Lolium multiflorum Lam.). R. Bras. Zootec. [online]. 2005, vol.34, n.2, pp. 387-397. ISSN 1806-9290.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982005000200005.

Foi avaliado o comportamento ingestivo de bezerras de corte submetidas a diferentes níveis de suplementação energética. Os níveis testados foram (0; 0,5; 1,0; 1,5% do peso vivo), em pastagem de aveia preta (Avena strigosa Schreb.) e azevém (Lolium multiflorum Lam.). O suplemento foi farelo de trigo, fornecido diariamente às 14h. Para registro das atividades de pastejo, ruminação, ócio e permanência no cocho, adotou-se a observação visual, feita a cada dez minutos, durante 24 horas, em quatro datas. Para cada nível de suplementação, foram observados seis animais dos grupos genéticos Charolês, 3/4 Charolês/Nelore e 5/8 Nelore/Charolês, com aproximadamente oito meses de idade e peso inicial de 158 kg. Os animais que receberam suplementação diminuíram o tempo de pastejo em relação aos não-suplementados, sem alteração no consumo estimado de forragem. Os animais que receberam suplementação a 1,5% do PV permaneceram mais tempo no cocho, aumentando a freqüência de retorno ao cocho nos maiores níveis de suplementação. Os níveis de suplementação não interferiram nos tempos de ruminação e ócio.

Keywords : Charolês; farelo de trigo; pastejo contínuo.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese