SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número4Composição química, digestibilidade e cinética de degradação ruminal das silagens de híbridos de girassol em diferentes épocas de semeaduraConsumo e digestibilidade aparente total dos nutrientes, produção e composição do leite de vacas alimentadas com dietas contendo diferentes fontes de proteína índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Zootecnia

versão impressa ISSN 1516-3598versão On-line ISSN 1806-9290

Resumo

MORENZ, Mirton José Frota et al. Óxido de cromo e n-alcanos na estimativa do consumo de forragem de vacas em lactação em condições de pastejo. R. Bras. Zootec. [online]. 2006, vol.35, n.4, pp.1535-1542. ISSN 1516-3598.  https://doi.org/10.1590/S1516-35982006000500036.

Foram avaliadas as técnicas do óxido de cromo/digestibilidade in vitro e dos pares de n-alcanos (C31:C32 e C33:C32) na estimativa do consumo de matéria seca (CMS) por vacas Holandês x Zebu em lactação em pastagem de capim-elefante cv. Napier. As extrusas foram obtidas utilizando-se uma vaca com fístula esofágica. Realizaram-se coletas de fezes duas vezes ao dia, diretamente no reto dos animais, durante nove dias em cada período experimental. O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados, em esquema de parcelas divididas. Ambos os pares de n-alcanos possibilitaram estimativas de consumos semelhantes, independentemente do horário de coleta (manhã e tarde), sugerindo que uma única coleta de fezes por dia seria suficiente. Quando o estudo foi realizado utilizando-se o valor médio das duas coletas, todas as metodologias diferiram entre si. O Cr2O3/DIVMS forneceu valores de CMS que podem ser considerados mais adequados, pois foram mais próximos daqueles estimados para forragem consumível (2,6% PV) e dos valores das tabelas de exigências do NRC (2001) (2,7% PV). Além disso, essa técnica apresentou vantagens quanto à simplicidade dos procedimentos analíticos e ao baixo custo.

Palavras-chave : consumo de matéria seca; métodos indiretos; pastejo rotacionado; Pennisetum purpureum.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons