SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue6Effects of different milking management on metabolism, cortisol levels, and milk yield of Holstein cowsRearing beef heifers with supplementation in the fall and cultivated pasture in the winter author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Zootecnia

Print version ISSN 1516-3598On-line version ISSN 1806-9290

Abstract

PALIERAQUI, Jorge Guilherme Bergottini et al. Influência da irrigação sobre a disponibilidade, a composição química, a digestibilidade e o consumo dos capins mombaça e napier. R. Bras. Zootec. [online]. 2006, vol.35, n.6, pp.2381-2387. ISSN 1516-3598.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982006000800026.

Avaliou-se o efeito da irrigação sobre a produção de biomassa e o valor nutritivo de Panicum maximum, Jacq., cv. Mombaça e Pennisetum purpureum, Schum cv. Napier. O experimento foi composto de quatro tratamentos, constituídos pelas combinações de dois níveis de irrigação e das duas forrageiras. O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados, com parcelas subdividas no tempo e no espaço, com mais de uma unidade experimental por subclasse. As forrageiras foram avaliadas sob pastejo rotacionado, utilizando-se novilhos F1 Europeu-Zebu (peso inicial de 260 kg) e carga animal variável, mantendo-se pressão de pastejo de 4 kg de MS foliar/100 kg de PV. Foi constatada maior disponibilidade de matéria seca total (MST) e matéria seca verde (MSV) no capim-napier, sendo observado o mesmo comportamento para o efeito de irrigação. Não houve diferença quanto à disponibilidade de matéria seca foliar (MSF). A irrigação ocasionou aumento da disponibilidade de MSF. Houve diferença nos teores de MS entre as forrageiras, observando-se teor mais elevado para o capim-mombaça. O teor de MS nas amostras de lâminas foliares foi maior que nas de extrusa. As forrageiras não diferiram quanto aos teores de PB, MO, cinzas e FDN, que não foram afetados pela irrigação. O capim-mombaça apresentou maior DIVMS. Houve efeito linear do período de ocupação sobre a DIVMS e os teores de PB e FDN da extrusa, observando-se decréscimo da DIVMS da PB e acréscimo da DIVMS da FDN do 1º para o 4º dia de ocupação dos piquetes. Os consumos de MS e MO foram maiores para o capim-mombaça. Não houve diferença quanto ao ganho de peso vivo diário dos novilhos entre as espécies forrageiras e os níveis de irrigação.

Keywords : análise química; desempenho animal; forragens tropicais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License