SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue5Forage production and morphological components of coastcross pasture mixed with peanut forage author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Zootecnia

Print version ISSN 1516-3598On-line version ISSN 1806-9290

Abstract

AVILA, Carla Luiza da Silva et al. Estabilidade aeróbia de silagens de capim-mombaça tratadas com Lactobacillus buchneri. R. Bras. Zootec. [online]. 2009, vol.38, n.5, pp.779-787. ISSN 1516-3598.  https://doi.org/10.1590/S1516-35982009000500001.

Objetivou-se avaliar o efeito da adição de duas cepas de Lactobacillus buchneri sobre a estabilidade aeróbia de silagens de capim-mombaça. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado com três repetições, em esquema de parcelas subdivididas no tempo, de modo que os tratamentos (silagens sem inoculantes e com inoculante experimental e comercial) foram aleatorizados nas parcelas e os tempos de avaliação aeróbia das silagens (0, 2, 8 ou 10 dias após a abertura dos silos) nas subparcelas. Após 90 dias de armazenamento, os silos foram abertos e amostras de aproximadamente 2,5 kg foram retiradas para avaliação da estabilidade aeróbia com base na temperatura de cada amostra. As mudanças químicas e microbiológicas foram avaliadas. Após abertura dos silos, verificou-se aumento nas populações de bactérias do ácido lático, leveduras e fungos filamentosos. Houve aumento nos valores de pH resultante da redução da concentração dos ácidos orgnicos e de aumentos dos teores de matéria seca e proteína bruta. A adição de L. buchneri às silagens melhorou sua estabilidade, enquanto a silagem sem inoculante apresentou estabilidade de 55 horas. As silagens inoculadas não ultrapassaram essa temperatura limite em um período de 10 dias. A melhoria da estabilidade foi ocasionada pela associação de altas concentrações de cido acético ao ácido propiônico e pela menor concentração de ácido lático no momento de abertura, o que inibiu a proliferação de fungos filamentosos e leveduras após abertura dos silos.

Keywords : ácido acético; ácido lático; fermentação; microbiologia; temperatura.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License