SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número9Efeito da concentração de energia da dieta nos parâmetros sensoriais e químicos de carne de cordeiros Morada Nova, Santa Inês e Santa Inês x DorperSubstituição do grão de milho pelo grão de milheto em dietas contendo silagem de milho ou silagem de capim-elefante na alimentação de bovinos de corte índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Zootecnia

versão On-line ISSN 1806-9290

Resumo

BISPO, Safira Valença et al. Comportamento ingestivo de vacas em lactação e de ovinos alimentados com dietas contendo palma forrageira. R. Bras. Zootec. [online]. 2010, vol.39, n.9, pp. 2024-2031. ISSN 1806-9290.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982010000900022.

Foram realizados dois experimentos, o primeiro com o objetivo de avaliar o efeito da substituição do feno de capim-elefante por palma forrageira e o segundo para avaliar o efeito da substituição total do milho, e parcial da soja, por palma e ureia sobre o comportamento ingestivo de ovinos e de vacas em lactação, respectivamente. No experimento 1, foram utilizados cinco ovinos machos, não-castrados, sem raça definida, com peso médio de 25,8 kg, distribuídos em quadrado latino 5 x 5. No experimento 2, foram utilizadas 8 vacas em lactação, com produção média inicial de 14 kg leite/dia, distribuídas em dois quadrados latino 4 x 4. A observação dos dados comportamentais foi realizada visualmente, durante 24 horas, em ambos os experimentos. No experimento 1, com a inclusão da palma forrageira, os consumos de matéria seca, o tempo de alimentação e as eficiências de ruminação aumentaram linearmente, ao passo que o tempo de ruminação reduziu, linearmente também; o consumo de fibra em detergente neutro (FDN) e as eficiências de alimentação apresentaram comportamento quadrático. No experimento 2, a inclusão de palma e ureia não influenciou os consumos de matéria seca e FDN nem os tempos de alimentação e ruminação e as eficiências de alimentação e de ruminação (kgMS/hora), no entanto, a eficiência de ruminação (kg FDN/hora) apresentou comportamento quadrático. O tempo de mastigação total e o tempo de ócio não foram influenciados pela inclusão de palma na dieta nos dois experimentos. Recomenda-se para ração de ruminantes com alta proporção de palma forrageira a inclusão de uma fonte de fibra fisicamente efetiva.

Palavras-chave : alimentação; fibra; ruminação; ócio.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons