SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue11Effect of net-pen marine shrimp farming on the water quality and zooplanktonic community structure in Baía de Guaratuba, ParanáTaurine supplementation of diets with two protein concentrations to Pacific white shrimp post-larvae author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Zootecnia

On-line version ISSN 1806-9290

Abstract

BITTENCOURT, Fábio et al. Densidade de estocagem e parâmetros eritrocitários de pacus criados em tanques-rede. R. Bras. Zootec. [online]. 2010, vol.39, n.11, pp. 2323-2329. ISSN 1806-9290.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982010001100002.

O objetivo neste trabalho foi avaliar o manejo, as características eritrocitárias e o nível de glicose sanguínea de pacus (Piaractus mesopotamicus) estocados em diferentes densidades em tanques-rede. Foram utilizados 2.700 peixes com peso inicial de 142,11 ± 10,54 g, distribuídos em nove tanques-rede de 5 m3 de volume útil durante 240 dias. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, com três densidades (200, 300 e 400 peixes por tanque), cada uma com três repetições. Somente o peso final e o ganho de peso diminuíram com o aumento da densidade de estocagem. A biomassa final aumenta de acordo com o número de animais estocados por unidade produtiva. As densidades de criação não influenciaram o rendimento de carcaça, mas afetaram o comprimento total, que foi maior nos peixes criados em baixa densidade, que não diferiram daqueles cultivados em densidade intermediária. Os peixes criados em menor densidade apresentaram maior deposição lipídica, mas não diferiram significativamente daqueles estocados em densidade intermediária. As variáveis eritrocitárias, como eritrócitos totais, hemoglobina, hematócrito, volume corpuscular médio e concentrações de hemoglobina corpuscular média e de hemoglobina corpuscular média, não apresentaram diferenças estatísticas entre as densidades utilizadas e permaneceram na faixa normal para a espécie. Os níveis de glicose no sangue não diferiram significativamente entre as densidades trabalhadas. A densidade de estocagem não influencia os parâmetros eritrocitários, o nível de glicose nem o rendimento de carcaça de pacus. A densidade de 200 peixes/tanque resulta em maior peso final e ganho de peso, porém reduz a produtividade por área e aumenta a deposição lipídica dos peixes.

Keywords : criação intensiva; desempenho; espécie nativa; parâmetros hematológicos; Piaractus mesopotamicus.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese