SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue1Corn silage with and without enzyme-bacteria inoculants on performance, carcass characteristics and meat quality in feedlot finished crossbred bullsEvaluation of whey fermented by Enterococcus faecium in consortium with Veilonella parvula in ruminant feeding author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Zootecnia

On-line version ISSN 1806-9290

Abstract

LIMA, Cláudio Adriano Correia de et al. Efeito de níveis de melão em substituição ao milho moído sobre o desempenho, o consumo e a digestibilidade dos nutrientes em ovinos Morada Nova. R. Bras. Zootec. [online]. 2012, vol.41, n.1, pp.164-171. ISSN 1806-9290.  https://doi.org/10.1590/S1516-35982012000100024.

Avaliaram-se o desempenho, o consumo e a digestibilidade aparente de componentes nutritivos em 32 ovinos Morada Nova em confinamento, 20 machos não-castrados e 12 fêmeas, recebendo dietas contendo 0, 30, 60 e 100% de melão em substituição ao milho moído. Os animais tinham em média 6 meses de idade, peso médio inicial de 15 kg e foram abatidos aos 25 kg. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e oito repetições. O consumo de MS apresentou tendência quadrática para ambos os sexos, variando de 769 a 837 g para os machos e de 722 g a 646 g para as fêmeas. Os consumos de matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), fibra em detergente neutro (FDN), nutrientes digestíveis totais (NDT), carboidratos totais (CT) e carboidratos não-fibrosos (CNF) apresentaram comportamento quadrático, refletindo o mesmo comportamento da ingestão da MS. A digestibilidade aparente da MS apresentou tendência linear decrescente. Os coeficientes de digestibilidade aparente de MO, PB, EE, FDN e CT apresentaram comportamento linear crescente com a adição de melão em substituição ao milho moído. O ganho de peso diário com o aumento do nível de melão na dieta foi maior nos machos. A conversão e eficiência alimentar não foram influenciadas pelo aumento do nível de melão na dieta. Os dias de confinamento variaram de 79 a 90 dias. A substituição na dieta do milho moído por melão possibilitou obter desempenho satisfatório em ovinos Morada Nova em confinamento. O nível de 60% de substituição é o que permite melhor retorno financeiro, entretanto, em níveis superiores a 30%, aumentam os dias de confinamento, elevando a idade ao abate.

Keywords : confinamento; ganho diário; ovinocultura; semiárido; subprodutos agrícolas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License