SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue4Characteristics of carcass and commercial meat cuts from Red Norte and Nellore young bulls finished in feedlotEffect of genotype on chemical composition and fatty acid profile of ewe lamb meat author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Zootecnia

On-line version ISSN 1806-9290

Abstract

LOPES, Leandro Sâmia et al. Composição química e de ácidos graxos do músculo longissimus dorsi e da gordura subcutânea de tourinhos Red Norte e Nelore. R. Bras. Zootec. [online]. 2012, vol.41, n.4, pp.978-985. ISSN 1806-9290.  https://doi.org/10.1590/S1516-35982012000400021.

Objetivou-se com este trabalho avaliar a composição química e o perfil de ácidos graxos do músculo longissimus dorsi e da gordura subcutânea de tourinhos Red Norte e Nelore terminados em confinamento. Utilizaram-se 44 animais, sendo 22 Red Norte com peso vivo inicial médio de 367±30 kg e 22 do grupo Nelore com peso vivo inicial médio de 361±30 kg. Os animais receberam ração à vontade durante 112 dias e foram abatidos com 519 e 482 kg, respectivamente. Amostras do músculo longissimus dorsi e da gordura subcutânea foram coletadas 24 horas após abate entre a 12ª e 13ª costelas para análise da composição centesimal e do perfil de ácidos graxos. As análises de ácidos graxos foram realizadas por meio de cromatografia gasosa, em coluna capilar de 100 m. Não houve diferença na composição química da carne entre os grupos genéticos. Nos animais Red Norte, foram maiores os teores dos ácidos graxos pentadecanoico, palmítico, palmitoleico, linoleico e ácido linoleico conjugado (CLA), enquanto nos animais Nelore foi encontrado o maior teor de ácido oleico. O músculo longissimus dorsi apresentou maiores teores dos ácidos láurico, heptadecenoico, esteárico, linoleico, α-linolênico e araquidônico. Em comparação ao músculo longissimus dorsi, na gordura subcutânea foram maiores os teores dos ácidos mirístico, miristoleico, pentadecanoico, palmítico, palmitoleico, oleico e CLA. Os animais Red Norte apresentaram maiores teores de ácidos graxos saturados em comparação aos Nelore. Em bovinos, o perfil de ácidos graxos depositados no músculo é diferente do observado na gordura subcutânea. O perfil de ácidos graxos da carne de tourinhos difere entre grupos genéticos.

Keywords : bovinos; CLA; lipídeos; saúde humana.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License