SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número4Entrevista semi-estruturada para autópsia psicológica em casos de suicídioAdaptação para o português de uma escala para medir intenção de utilizar preservativos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Psychiatry

versão impressa ISSN 1516-4446versão On-line ISSN 1809-452X

Resumo

SENA, Eduardo Pondé de et al. Recaída em pacientes com esquizofrenia: uma comparação entre risperidona e haloperidol. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2003, vol.25, n.4, pp.220-223. ISSN 1809-452X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462003000400007.

OBJETIVOS: Comparar taxas de re-hospitalização e o tempo para a recaída entre pacientes esquizofrênicos tratados com risperidona ou haloperidol após alta hospitalar. MÉTODOS: Ensaio controlado, randomizado, comparando risperidona e haloperidol em relação à recaída em pacientes com esquizofrenia tratados com doses flexíveis, com duração de um ano. RESULTADOS: Vinte pacientes foram alocados para a risperidona e 13 para o haloperidol. Um paciente em cada grupo retirou o consentimento e um tomando risperidona foi perdido para o seguimento. Seis (30,0%) do grupo da risperidona e três (23,1%) do grupo do haloperidol recaíram (p=1.00). Contudo, o tempo até a re-hospitalização foi mais curto com o haloperidol (logrank =4,2; p=0,04). Quando re-hospitalizados, os pacientes no grupo da risperidona permaneceram 34,5 dias no hospital (mediana) quando comparados com o grupo do haloperidol (mediana =61 dias) (p=0,61). CONCLUSÃO: A proporção de pacientes esquizofrênicos que recaíram foi similar em ambos os grupos. Contudo, o tempo para a recaída foi mais curto nos pacientes tratados com haloperidol.

Palavras-chave : Risperidona; Haloperidol; Antipsicótico; Esquizofrenia; Prevenção de recaída.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons