SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 suppl.1Violent behavior during sleepSleep-wake cycle mechanisms índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista Brasileira de Psiquiatria

versión impresa ISSN 1516-4446versión On-line ISSN 1809-452X

Resumen

LUCCHESI, Ligia Mendonça; PRADELLA-HALLINAN, Marcia; LUCCHESI, Mauricio  y  MORAES, Walter André dos Santos. O sono em transtornos psiquiátricos. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2005, vol.27, suppl.1, pp.27-32. ISSN 1516-4446.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462005000500006.

O achado de padrões alterados de sono é notável na maioria dos transtornos psiquiátricos. Neste artigo são abordados os transtornos psiquiátricos que mais freqüentemente apresentam alterações de sono na prática clínica e a descrição dos achados polissonográficos. As queixas mais freqüentes dos pacientes são relacionadas à dificuldade para iniciar e manter o sono (insônia inicial e de manutenção, respectivamente) e sono não reparador, observadas na maioria dos transtornos. A insônia terminal ou despertar precoce é mais relacionada a quadros depressivos. A hipersonia pode aparecer em alguns quadros de depressão como sazonal, atípica ou em transtornos bipolares. Em relação aos achados polissonográficos, temos, em geral, redução significativa da eficiência e do tempo total do sono à custa da redução do sono de ondas lentas. A redução da latência para o sono de movimentos oculares rápidos (REM) é descrita principalmente para os quadros depressivos, mas pode aparecer em outras patologias.

Palabras clave : Distúrbios do sono; Sono REM [fisiologia]; Transtornos depressivos; Transtorno da falta de atenção com hiperatividade; Polissonografia; Distúrbio do início e da manutenção do sono.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · Inglés ( pdf epdf ) | Portugués ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons