SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue4Severe physical punishment and mental health problems in an economically disadvantaged population of children and adolescentsIncreased dyslipidemia in schizophrenic outpatients using new generation antipsychotics author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Psiquiatria

Print version ISSN 1516-4446

Abstract

TAMADA, Renata Sayuri et al. Ciclagem afetiva associada a tratamento com antidepressivo no transtorno bipolar: estudo caso-controle prospectivo. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2006, vol.28, n.4, pp. 297-300.  Epub Oct 18, 2006. ISSN 1516-4446.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462006005000013.

OBJETIVO: A ciclagem para mania associada ao antidepressivo tem sido relacionada à aceleração do ciclo e pior evolução, mas há poucos estudos na literatura sobre este assunto. O objetivo deste estudo foi comparar prospectivamente a evolução de pacientes com mania associada a antidepressivo com pacientes com mania espontânea, em relação a tempo para recaída e polaridade do novo episódio. MÉTODO: Vinte e quatro pacientes com transtorno bipolar, de acordo com os critérios diagnósticos do DSM-IV, foram seguidos por 12 meses: 12 pacientes com mania associada a antidepressivo e 12 pacientes com mania espontânea. Os pacientes foram avaliados semanalmente com a Escala para Mania de Young e a Escala para Depressão de Hamilton até remissão do episódio inicial e, mensalmente, até completar o período de seguimento de 12 meses. RESULTADOS: Onze pacientes com mania associada ao antidepressivo tiveram uma recorrência no seguimento, sendo todos os episódios depressivos. No grupo de mania espontânea, seis pacientes apresentaram recorrência, sendo dois episódios depressivos, e quatro episódios de mania (p = 0,069 para novo episódio e p = 0,006 para polaridade do episódio). Pacientes com mania associada a antidepressivo recaíram em um menor período de tempo que os pacientes com mania espontânea (p = 0,016). CONCLUSÕES: Neste estudo prospectivo, os pacientes com mania associada a antidepressivo apresentaram maior risco de recorrência, especialmente episódios depressivos, e com menor duração de remissão quando comparados aos pacientes com mania espontânea.

Keywords : Transtorno bipolar; Protocolos clínicos; Antidepressivos; Resultado do tratamento; Sintomas afetivos.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English