SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número2Estudo clínico comparativo entre episódios de mania e mistos em pacientes com transtorno bipolarEstudo controlado randomizado de 12 semanas do programa cognitivo-comportamental IPT (Terapia Psicológica Integrada) com efeito positivo sobre o funcionamento social em pacientes com esquizofrenia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Psiquiatria

versão impressa ISSN 1516-4446

Resumo

KESSLER, Felix Henrique Paim et al. Marcadores de lesão cerebral (S100B e NSE) em dependentes crônicos de cocaína. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2007, vol.29, n.2, pp. 134-139.  Epub 23-Fev-2007. ISSN 1516-4446.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462006005000029.

OBJETIVO: Estudos têm demonstrado sinais de lesão cerebral causadas por diferentes mecanismos em usuários de cocaína. A enolase sérica neurônio-específica e a proteína S100B são consideradas marcadores bioquímicos específicos de lesão neuronal e glial. Este estudo objetivou comparar os níveis sangüíneos de S100B e enolase sérica neurônio-específica em usuários crônicos de cocaína e em voluntários que não usam cocaína ou outras drogas ilícitas. MÉTODO: Vinte sujeitos dependentes de cocaína, mas não dependentes de álcool, maconha ou outra droga, e 20 sujeitos controles não usuários de drogas foram recrutados. Os sujeitos foram selecionados por amostragem consecutiva e não-probabilística e os níveis de enolase neurônio-específica e S100B foram determinados por ensaio de luminescência. RESULTADOS: Os usuários de cocaína tiveram escores significativamente maior que os controles em todas as dimensões psiquiátricas do SCL-90 e apresentaram prejuízos cognitivos no subteste cubos do WAIS e no span de palavras. Os níveis de S100B foram em média 0,09 ± 0,04 µg/l nos usuários de cocaína e 0,08 ± 0,04 µg/l nos controles. Os níveis de enolase neurônio-específica foram em média 9,7 ± 3,5 ng/l nos usuários e 8,3 ± 2,6 ng/l nos controles. CONCLUSÃO: Neste primeiro estudo utilizando esses marcadores específicos de lesão cerebral em usuários de cocaína, os níveis séricos de S100B e enolase específica do neurônio não foram significativamente diferentes entre dependentes de cocaína e controles.

Palavras-chave : Cocaína; Ciência cognitiva; Transtornos cognitivos; Sintomas psíquicos; Enolase neurônio-específica.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês