SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 suppl.2Cognitive-behavioral therapy for depressionCognitive-behavioral therapy for alcohol and drug use disorders author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Psiquiatria

Print version ISSN 1516-4446

Abstract

MANFRO, Gisele Gus; HELDT, Elizeth; CORDIOLI, Aristides Volpato  and  OTTO, Michael W. Terapia cognitivo-comportamental no transtorno de pânico. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2008, vol.30, suppl.2, pp. s81-s87. ISSN 1516-4446.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462008000600005.

OBJETIVO: O transtorno de pânico é uma condição crônica e recorrente que prejudica a qualidade de vida e o funcionamento psicossocial dos portadores. Embora os medicamentos sejam efetivos na redução dos ataques de pânico, muitos pacientes não respondem adequadamente a essas intervenções. A terapia cognitivo-comportamental fornece um método alternativo eficaz para tratar transtorno de pânico e evitação agorafóbica. O objetivo do estudo é o de descrever o uso de técnicas cognitivo-comportamentais no tratamento do transtorno de pânico. MÉTODO: Revisão narrativa a partir dos bancos de dados do Medline, SciELO e PsycInfo e de livros-texto especializados. RESULTADOS: Foram descritos os fundamentos da terapia cognitivo-comportamental no tratamento do transtorno pânico e revisadas as evidências de eficácia em curto e longo prazos. O uso de medicação concomitante a terapia cognitivo-comportamental foi também discutido. CONCLUSÕES: A terapia cognitivo-comportamental individual ou em grupo é eficaz para pacientes com transtorno de pânico, seja como tratamento de primeira linha ou como um próximo passo para pacientes com resposta parcial a outros tratamentos.

Keywords : Transtorno de pânico; Terapia cognitivo-comportamental; Evidências de eficácia; Tratamento; Revisão.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese