SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue2Health-related quality of life predictors during medical residency in a random, stratified sample of residentsAssociation study between the -62A/T NFKBIL1 polymorphism and obsessive-compulsive disorder author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Psychiatry

Print version ISSN 1516-4446On-line version ISSN 1809-452X

Abstract

PECHANSKY, Flavio et al. Alta prevalência relatada de beber e dirigir no Brasil: dados do primeiro estudo representativo realizado em domicílios. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2009, vol.31, n.2, pp.125-130. ISSN 1516-4446.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462009000200008.

OBJETIVO: O Brasil carece de informação sobre beber e dirigir a partir de amostras representativas da população. MÉTODO: Uma amostra de 2.346 adultos do I Levantamento Nacional Domiciliar sobre Padrões de Consumo de Álcool forneceu 333 indivíduos com carteira de motorista e que haviam bebido álcool nos últimos 12 meses. Utilizou-se análise multivariada para compreender associações entre fatores de risco e dirigir após três ou mais drinques. RESULTADOS: A prevalência de beber e dirigir na amostra foi 34,7% - 42,5% nos homens e 9,2% nas mulheres. Ser homem (OR = 6,0; IC95% 2,9-12,6), ter tido acidente prévio com beber e dirigir (OR = 7,9; IC95% 2,5-24,9), ter tido "consumo excessivo episódico" no ultimo ano (OR = 2,2; IC95% 1,03-4,5) e ter uma opinião desfavorável sobre políticas públicas (OR = 2,9; IC95% 1,4-6,2) mantiveram-se associados com consumo pesado e dirigir após ajustes no modelo. DISCUSSÃO: Este é o primeiro estudo que avalia beber e dirigir em uma amostra representativa da população brasileira. A prevalência de beber e dirigir encontrada é alarmante e possivelmente subestimada nesta amostra. Os achados demonstram a necessidade de outros estudos sobre esta associação, e dão indicações sobre possíveis estratégias preventivas para este grupo específico de motoristas masculinos com problemas prévios com álcool e opiniões desfavoráveis sobre políticas de prevenção.

Keywords : Prevalência; Bebidas alcoólicas; Epidemiologia; Fatores de risco; Brasil.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License