SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número4Depression and quality of life of hemodialysis patients living in a poor region of BrazilAlcohol screening instruments in elderly male: a population-based survey in metropolitan São Paulo, Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Psychiatry

versión impresa ISSN 1516-4446

Resumen

CANALI, Fabíola; BRUCKI, Sonia M. D.; BERTOLUCCI, Paulo H. F.  y  BUENO, Orlando F. A.. Um estudo de confiabilidade da Bateria de Avaliação da Síndrome Disexecutiva adaptada para uma amostra brasileira de idosos controles e pacientes com doença de Alzheimer provável em fase inicial. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2011, vol.33, n.4, pp.338-346.  Epub 13-Mayo-2011. ISSN 1516-4446.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462011005000015.

OBJETIVO: Testes ecológicos são os mais indicados para a avaliação dos déficits nas funções executivas, sendo importante também na avaliação da resposta ao tratamento de pacientes com doença de Alzheimer. O objetivo deste estudo é verificar o desempenho nas funções executivas usando a Behavioural Assessment of the Dysexecutive Syndrome em uma amostra brasileira de idosos controles e pacientes com doença de Alzheimer provável em fase inicial e a aplicabilidade desta bateria ecológica em nosso meio. MÉTODO: Avaliamos com a Behavioural Assessment of the Dysexecutive Syndrome 41 idosos controles e 41 pacientes com doença de Alzheimer provável em fase inicial, sem diferença estatisticamente significativa em relação à idade, escolaridade e sexo. RESULTADOS: Houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos no escore total e em quase todos os subtestes da Behavioural Assessment of the Dysexecutive Syndrome, não ocorrendo o mesmo no subteste de Julgamento Temporal, no tempo gasto no planejamento da primeira e segunda visita no Mapa do Zoológico, no número de erros ao copiar os desenhos, na nomeação de figuras e na aritmética do Seis Elementos Modificado e no questionário disexecutivo autoavaliação. CONCLUSÃO: A Behavioural Assessment of the Dysexecutive Syndrome mostrou-se eficaz na detecção dos déficits em funções executivas em pacientes com doença de Alzheimer provável em fase inicial, particularmente em tarefas de alternância, monitoramento de tempo e subtestes de mudanças de regras.

Palabras clave : Doença de Alzheimer; Funções executivas; Demência; Sinais e sintomas; Testes neuropsicológicos.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons