SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 suppl.1Melancholia in Latin American studies: a distinct mood disorder for the ICD-11A review of Latin American studies on binge eating disorder author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Psiquiatria

Print version ISSN 1516-4446

Abstract

TOFOLI, Luís Fernando; ANDRADE, Laura Helena  and  FORTES, Sandra. Somatização na América Latina: uma revisão sobre a classificação de transtornos somatoformes, síndromes funcionais e sintomas sem explicação médica. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2011, vol.33, suppl.1, pp. s59-s69. ISSN 1516-4446.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462011000500006.

OBJETIVO: Os sintomas sem explicação médica são frequentes e estão associados a sofrimento mental em vários contextos. Estudos prévios apontam que as populações latino-americanas são propensas à somatização. Diante da reformulação da Classificação Internacional de Doenças para sua 11ª edição, as particularidades dos nativos desta região do mundo devem ser levadas em consideração. O objetivo deste estudo é prover informações sobre somatização na população latino-americana para a tomada de decisões quanto às categorias diagnósticas ligadas a sintomas sem explicação médica na Classificação Internacional de Doenças-11ª edição. MÉTODO: Revisão extensa da produção de 1995 a 2011 sobre somatização em populações de origem latino-americana. RESULTADOS: A análise dos 106 estudos incluídos nesta revisão foi dividida em 15 categorias: revisões sistemáticas, revisões conceituais, prevalências, atenção primária, depressão e ansiedade, fatores de risco, violência, quadros orgânicos, relacionamento com profissionais e o sistema de saúde, etnia, síndromes ligadas à cultura, síndrome da fadiga crônica, fibromialgia, transtorno dismórfico corporal, e conversão e dissociação. CONCLUSÃO: Os estudos latino-americanos confirmam a dificuldade na definição categorial de quadros com sintomas sem explicação médica. O suposto "traço somatizador" das culturas latinas pode estar associado mais à expressão cultural e linguística do que a um caráter de natureza étnica, e tais particularidades devem estar na agenda na nova classificação destes fenômenos na Classificação Internacional de Doenças-11ª edição.

Keywords : Transtornos somatoformes; América Latina; Classificação Internacional de Doenças; Psicopatologia; Sintomas.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese