SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número3Exposição à violência entre jovens da cidade de São Paulo em privação de liberdadeEducação em psiquiatria do desenvolvimento: resultados preliminares em estudantes de graduação no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Psiquiatria

versão impressa ISSN 1516-4446

Resumo

PINHEIRO, Karen Amaral Tavares et al. Depressão paterna: episódio bipolar?. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2011, vol.33, n.3, pp. 283-286.  Epub 13-Maio-2011. ISSN 1516-4446.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462011000300012.

OBJETIVO: Verificar a prevalência dos episódios depressivos e bipolares em homens no período pré e pós-natal, assim como 12 meses após o parto. MÉTODO: Estudo longitudinal com amostra de pais cujas crianças nasceram entre abril de 2007 e maio de 2008 em maternidades da cidade de Pelotas-RS, no sul do Brasil. Episódios depressivos e maníacos/hipomaníacos foram mensurados com o Mini Neuropsychiatric Interview em três tempos diferentes: entre a 28ª e 34ª semanas de gestação (T1), 30 a 60 dias após o parto (T2) e 12 meses após o nascimento da criança. RESULTADOS: A prevalência de episódios depressivos foi 5,0% em T1, 4,5% em T2 e 4,3% em T3. Episódios mistos estiveram presentes em 3,0, 1,7 e 0,9%, respectivamente, e somaram 61,1% de casos de depressão antenatal, 37,5% pós-natal e 21,4% aos 12 meses pós-parto. Episódio depressivo e maníaco/hipomaníaco esteve significativamente associado durante a gestação e o pós-parto. CONCLUSÃO: Episódios bipolares são comuns em homens com sintomas depressivos durante a gestação de suas companheiras e no período pós-natal. Essa população deveria ser cuidadosamente investigada para sintomas maníacos e hipomaníacos, a fim de ser adequadamente tratada.

Palavras-chave : Depressão pós-parto; Pai; Prevalência; Depressão; Transtorno bipolar.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês