SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número2Avaliação audiológica e eletrofisiológica da audição na síndrome de Landau-KleffnerA eficiência de um programa de reabilitação audiológica em idosos com presbiacusia e seus familiares índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 1982-0232

Resumo

LEMOS, Isabel Cristina Cavalcanti et al. Avaliação do nível mínimo de audição em lactentes de seis a 24 meses por meio do reforço visual. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2007, vol.12, n.2, pp.86-91. ISSN 1982-0232.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342007000200004.

OBJETIVO: Investigar, em campo livre, o comportamento auditivo de lactentes ouvintes de seis a 24 meses de idade cronológica, quanto aos aspectos de duração da avaliação, nível mínimo de resposta e análise crítica do método utilizado. MÉTODOS: Foram avaliados 30 lactentes, de ambos os gêneros, subdivididos em grupos etários: Grupo I - 6 meses a 11 meses 29 dias (n= 11); Grupo II - 12 meses a 17 meses 29 dias (n= 9); Grupo III - 18 meses a 24 meses (n= 10). Foram avaliadas as freqüências de 500, 1000, 2000 e 4000 Hz, bilateralmente, não seqüenciais, em campo livre. RESULTADOS: A mediana do nível mínimo de audição foi de 30 dB em todas as freqüências e todos os grupos. Observou-se que os Grupos I e III tiveram maior variabilidade dos níveis mínimos de audição enquanto o Grupo II mostrou-se mais homogêneo. O Grupo I necessitou de maior tempo de condicionamento, apresentando cansaço, agitação e tempo de atenção reduzido sendo necessário maior número de interrupções no exame. Já o Grupo III evidenciou menor motivação para responder ao teste, já que a técnica do reforço visual não é tão interessante nessa faixa etária, fazendo com que o desinteresse pelo reforço aconteça mais rapidamente. Estes aspectos não inviabilizam o procedimento, no entanto requerem maior experiência dos avaliadores. CONCLUSÕES: O método mostrou-se eficiente para a faixa etária pesquisada, não somente como um método de triagem, mas também para auxiliar a investigação do nível mínimo de audição, em campo livre, durante o processo diagnóstico.

Palavras-chave : Percepção auditiva [métodos]; Comportamento do lactente; Técnicas de diagnóstico otológicos; Estimulação visual; Lactente.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons