SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2Grau de percepção e incômodo quanto à condição facial em indivíduos com paralisia facial periférica na fase de seqüelasTreinamento muscular na face: a prática dos fonoaudiólogos de Belo Horizonte índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 1982-0232

Resumo

CATTONI, Débora Martins; FERNANDES, Fernanda Dreux Miranda; DI FRANCESCO, Renata Cantisani  e  LATORRE, Maria do Rosário Dias de Oliveira. Medidas e proporções antropométricas orofaciais de crianças respiradoras orais. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2008, vol.13, n.2, pp.119-126. ISSN 1982-0232.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342008000200005.

OBJETIVO: Descrever as medidas e proporções orofaciais de crianças respiradoras orais e comparar a média do lado direito da face com a média do lado esquerdo da face, segundo a idade. MÉTODOS: Participaram 100 crianças, de ambos os sexos, com idades entre sete anos e 11 anos e 11 meses, leucodermas, em dentição mista, com diagnóstico de respiração oral. As crianças foram submetidas à avaliação antropométrica, sendo que as medidas orofaciais obtidas foram lábio superior, lábio inferior, filtro, terço superior da face, terço médio da face, terço inferior da face e lados da face. O instrumento utilizado foi o paquímetro eletrônico digital da marca Starrett, Série 727. RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significativa entre as médias das medidas antropométricas orofaciais das crianças respiradoras orais, segundo a idade, com exceção do terço médio da face e dos lados da face. Não houve diferença estatisticamente significativa entre as médias das proporções orofaciais das crianças respiradoras orais, com exceção da proporção entre o terço superior da face e o terço médio da face. Não houve diferença estatisticamente significativa entre as médias dos lados da face, segundo a idade. CONCLUSÕES: Não houve diferença estatisticamente entre a maioria das médias das medidas e proporções orofaciais de crianças respiradoras orais, segundo a idade.

Palavras-chave : Antropometria; Respiração bucal; Medidas; Face; Sistema estomatognático; Dentição mista; Criança.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons