SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2Examinando o desenho infantil como recurso terapêutico para o desenvolvimento de linguagem de crianças surdas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 1982-0232

Resumo

SOUZA, Thaís Nobre Uchôa  e  PAYAO, Luzia Miscow da Cruz. Apraxia da fala adquirida e desenvolvimental: semelhanças e diferenças. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2008, vol.13, n.2, pp.193-202. ISSN 1982-0232.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342008000200015.

A apraxia da fala é um distúrbio de comunicação em que ocorre uma incapacidade na programação dos movimentos musculares, necessários para a produção e seqüência de fonemas. O objetivo deste estudo foi realizar um levantamento bibliográfico sobre a apraxia da fala adquirida e desenvolvimental, buscando semelhanças e diferenças em suas características gerais, métodos de avaliação e intervenção fonoaudiológica. Os resultados demonstraram: um número grande de trabalhos sobre as características gerais da apraxia; as atuais pesquisas genéticas com o intuito de descobrir o foco do problema, dentre as quais se destacam os estudos sobre o FOXP2, os estudos de translocação e os estudos neurodesenvolvimentais; a variabilidade dos sintomas na fala, tanto no adulto como na criança; a utilização de protocolos de análise clínica e da análise acústica no diagnóstico. As informações coletadas demonstram que, apesar de as crianças com apraxia da fala desenvolvimental apresentarem comprometimentos práxicos semelhantes aos apresentados em adultos com apraxia da fala adquirida, ambas possuem características próprias, que vão desde sua etiologia até o prognóstico, o que as torna entidades clínicas distintas. Assim, sugere-se a necessidade de maiores investimentos em pesquisas nacionais com objetivos diagnósticos e reabilitadores, considerando parâmetros que possam fornecer subsídios para o diagnóstico diferencial e procedimentos terapêuticos direcionados aos distúrbios motores apráxicos da fala.

Palavras-chave : Apraxias [classificação]; Fonoterapia; Distúrbios da fala [diagnóstico]; Transtornos da linguagem [diagnóstico]; Diagnóstico diferencial.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons