SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue4Orthographic knowledge and use in children with dyslexiaThe use of a children software in the treatment of Central Auditory Processing Disorder author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

On-line version ISSN 1982-0232

Abstract

KESKE-SOARES, Márcia; DONICHT, Gabriele; CHECALIN, Mardônia Alves  and  GHISLENI, Maria Rita Leal. Generalização por 'reforço' ou 'contraste' no tratamento do desvio fonológico. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2008, vol.13, n.4, pp.391-397. ISSN 1982-0232.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342008000400015.

O objetivo deste estudo foi verificar as mudanças fonológicas obtidas pelo tratamento com o Modelo de Oposições Máximas Modificado, utilizando a abordagem do 'reforço' ou 'contraste', em sujeitos com diferentes graus de severidade do desvio fonológico (DF). Três sujeitos com DF, do sexo masculino, com idade média de seis anos e diferentes graus de severidade de DF, foram submetidos às avaliações fonoaudiológicas, incluindo a fonológica, e exames complementares. Posteriormente, foram submetidos à terapia fonológica pelo modelo de Oposições Máximas Modificado, considerando-se a abordagem do 'reforço' ou 'contraste' de traços distintivos e verificadas as seguintes generalizações: para itens não utilizados no tratamento; para outra posição na palavra; dentro de uma mesma classe de sons; e para outra classe de sons. O inventário fonético dos três sujeitos estava completo após a terapia; porém, o sistema fonológico estava incompleto para todos os sujeitos tratados. O S1 tratado, utilizando contraste com [dors/cor] e [±cont], após tratamento permaneceu com dificuldade com [dors] e [-voc]. O S2 tratado pelo reforço com o [+voz], após tratamento persistiu com dificuldade com [+voz]. O S3 tratado pelo reforço com [+soant], [-voc], [+voz] e [cor/+ant], apresentou pós-tratamento dificuldade apenas com [-voc]. Após o processo terapêutico, observou-se evolução para todos os tipos de generalização estrutural analisados. Verificou-se que tanto os sujeitos tratados pelo 'reforço', quanto o tratado pelo 'contraste' apresentaram generalizações, não podendo diferenciar qual abordagem foi mais eficaz no tratamento do DF.

Keywords : Fala; Transtornos da articulação; Linguagem; Criança.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License