SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número2Adaptação sócio-comunicativa no espectro autístico: dados obtidos com pais e terapeutasAudição e percepção da perda auditiva em idosos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 1982-0232

Resumo

CAUMO, Débora Tomazi Moreira  e  FERREIRA, Maria Inês Dornelles da Costa. Relação entre desvios fonológicos e processamento auditivo. Rev. soc. bras. fonoaudiol. [online]. 2009, vol.14, n.2, pp.234-240. ISSN 1982-0232.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342009000200015.

OBJETIVOS: Pesquisar a relação entre desvio fonológico e processamento auditivo. MÉTODOS: Os dados foram coletados por meio da verificação de prontuários. Foram incluídos no estudo pacientes com diagnóstico de desvio fonológico que realizaram testes de processamento auditivo e que tinham idade mínima de sete anos. Considerou-se a avaliação do processamento auditivo, a avaliação da fala, o gênero, a idade e a série escolar. RESULTADOS: Todas as crianças (100%) apresentaram pelo menos um subperfil do processamento auditivo alterado. Ao comparar os processos de substituição e de estruturação silábica aos resultados dos testes de processamento auditivo verificou-se correlação estatisticamente significante para a etapa de integração binaural para a orelha direita do teste dicótico de dígitos (p=0,018) e para a condição nomeando do teste PPS (p=0,041). Na comparação dos testes de processamento auditivo com a idade encontrou-se diferença estatisticamente significante para o teste PSI na orelha direita (p=0,011) para a faixa de 10 a 12 anos. O mesmo ocorreu na comparação com a série escolar, em que o teste SSW na condição direita competitiva (p=0,039) e a atenção direcionada à direita do teste dicótico de dígitos (p=0,037) foram estatisticamente significantes para as séries mais avançadas. CONCLUSÃO: A pesquisa sugere a existência de uma estreita relação entre processamento auditivo e desvio fonológico principalmente em relação ao desempenho da orelha direita, evidenciando a importância de determinar a existência do comprometimento das habilidades auditivas em crianças com desvio fonológico.

Palavras-chave : Audição; Percepção auditiva; Deficiências do desenvolvimento; Linguagem; Distúrbios da fala.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons